Record

Engenheiro de Bento

FERNANDO SANTOS TRAÇOU O RUMO DO TREINADOR LEONINO

Fernando Santos está ligado, ainda que de forma indirecta, ao início da carreira de Paulo Bento enquanto treinador. Na temporada 2003/04, o novo treinador do Benfica orientava os leões. Paulo Bento, que até então usufruía do estatuto de imprescindível no onze de Alvalade, perdeu o lugar para o jovem Custódio e só alinhou em alguns jogos no final da época, devido a lesão de Rochemback.

O ex-internacional português, que durante todo o ano manifestou a vontade de jogar por mais 1 ano, acabou por anunciar o final da carreira e aceitou o comando dos juniores.
Numa entrevista concedida a Record, em Outubro de 2004, o actual técnico leonino não escondeu a mágoa em relação a Fernando Santos: “Como se desenrolaram as coisas ao longo da época, tenho a certeza que se não fossem as lesões tinha passado 34 jornadas no banco.”

Homem de fé

O engenheiro, que do plantel encarnado já trabalhou com Karagounis (Panathinaikos) e José Fonte (Sporting), é conhecido por ser um homem de fé. Apesar de não frequentar a igreja diariamente, Santos orienta a sua vida pelos mandamentos eclesiásticos.

Começou a carreira de treinador no Estoril, onde jogou e, curiosamente, era apelidado de Sono. Como responsável técnico é conhecido pela dureza e rigor profissional.

Proeza

Fernando Santos é o terceiro técnico (o primeiro português...) a treinar os 3 grandes, depois do brasileiro Otto Glória e do chileno Fernando Riera. Quanto a jogadores, foram 6 os que envergaram as camisolas de Benfica, FC Porto e Sporting: Eurico (campeão nos três), Alhinho, Romeu, Futre, Fernando Mendes e Peixe.
12
Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
SUBSCREVA A NEWSLETTER RECORD GERAL
e receba as notícias em primeira mão

Ultimas de Benfica

Notícias

Notícias Mais Vistas

M