Everton Cebolinha: «Se não fosse futebolista era músico»

O lado mais pessoal do craque brasileiro que está a caminho da Luz

Everton Cebolinha é um nome que começa a ficar no ouvido dos portugueses, depois da cobiça do Benfica que, pelos vistos, vai mesmo acabar como um 'casamento' feliz. Mas há perto de dois anos já o jogador era considerado como um dos principais craques do Grémio.

Foi por isso que o jogador concedeu uma longa entrevista ao canal do clube brasileiro, numa espécie de apresentação mais pessoal, depois de já ter brilhado no relvado. E com revelações bem especiais...

"Se não fosse jogador de futebol ia arriscar na música. Talvez no forró... Mas ia arriscar muito", gracejou.

"Tenho umas 18 tatuagens. A minha favorita é a do pescoço... Diz 'abençoado'", explicou depois, numa conversa diferente do programa 'Cara a Cara'.

Por João Seixas
1
Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

ver exemplo

Ultimas de Benfica

Notícias

Notícias Mais Vistas

Copyright © 2019. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.