Record

Fernando Santos queixa-se do individualismo

TÉCNICO DIZ QUE VITÓRIA FOI JUSTA MAS...

Fernando Santos mostrou-se desagradado com o excesso de individualismo dos seus jogadores, apesar da vitória sobre o Marítimo, por 2-1, em jogo da 11.ª jornada da Liga portuguesa.

O técnico benfiquista considerou o "Benfica um justo vencedor", pois "criou muitas oportunidades de golo", destacando o guarda-redes maritimista Marcos como "figura dominante do jogo", contudo não gostou "de certa altura do jogo" em que os jogadores começara "a fazer tudo à pressa e muito de forma individual".

"Cada um querer fazer um golo. Os golos fazem-se colectivamente", referiu o técnico, que, no entanto, salientou os excelentes primeiros 30 minutos da sua equipa.

Miccoli saiu lesionado no início da segunda parte, depois de ter feito um sprint, sendo que Fernando Santos adiantou que o italiano "tem queixas a nível muscular" na coxa esquerda, tendo já mostrados queixas ao intervalo, segundo o técnico.

Na próxima jornada, o Benfica visita o Sporting, naquele que é para Fernando Santos o "derby mais importante de Portugal", sendo que o treinador das águias espera um "grande espectáculo".

"Num campeonato nacional todos os jogos são decisivos. Se não se ganha essas contas ficam difíceis. Vai ser certamente um grande espectáculo. O resultado é sempre imprevisível. A partir de segunda- feira vamos preparar esse e só depois pensar na final com o Manchester United", considerou.
40
Deixe o seu comentário
SUBSCREVA A NEWSLETTER RECORD GERAL
e receba as notícias em primeira mão

Ultimas de Benfica

Notícias

Notícias Mais Vistas

M