Fernando Tavares: «Não precisamos de andar de braço dado com o presidente do Benfica»

Vice-presidente solidário com Vieira, lembra trabalho que é feito nos bastidores

• Foto: Paulo Calado

A crise de resultados do Benfica levou ao pedido de demissão de Bruno Lage, mas Fernando Tavares, vice-presidente das águias, rejeita que o clube esteja "em crise". Em declarações à BTV, o responsável do clube da Luz assinala que o momento difícil aconteceu há 17 anos.

"Quero dizer que as palavras de Luís Filipe Vieira no final do jogo com o Marítimo são plavras de grande coragem, grande humildade, que dignificam o presidente do Benfica quando publicamente assume a culpa do momento menos simpático, mais delicado, que o Benfica está a travessar com a equipa de futebol. E não digo que este é um momento difícil, pois isso foi quando tivemos de resgatar o Benfica de uma situação difícil. Em 2003, quando cheguei ao Benfica, o clube tinha 10 meses de atraso a atletas e treinadores, foram momentos muito complicados. Os empregados não recebiam a horas e para pagar subsídios de férias ou de Natal era no ano seguinte e a prestações. São tempos que não esqueço e que nos obrigam a ter grande sentido de responsabilidade. Entendo as palavras do presidente. Ainda não falei com ele, mas não é homem para virar a cara a uma boa luta, um bom desafio, é pessoa resiliente, trabalhadora e vai encontrar saídas para resgatar a equipa de futebol do momento em que se encontra", vincou Fernando Tavares, rejeitando que o clube esteha em crise:

"O futebol é o momento, mas o que estamos a viver, nesta altura, não se pode confundir com a sustentabilidade financeira, institucional, desportiva e competitiva que são coisas que demoraram anos a conquistar. Ele vai ser capaz, na liderança da SAD, de dar uma resposta à altura do Benifca e à altura dos desejos dos benfiquistas. É evidente que há uma crise de resultados, mas apenas isso. Há coesão nos órgãos sociais, na direcção. Exercemos a nossa função com normalidade, serenidade e responsabilidade, tentanto todos os dias levar o Benfica para patamares que todos nós desejamos. Esta crise de resultados não pode de forma algum retirar a força, o entusiasmo, o ânimo que todos temos de ter para levar o Benfica para a frente. Com total alinhamento com o presidente do Benfica. Não precisamos de andar de braço dado com o presidente do Benfica. Estou mais interessado no que é fotografado do que na fotografia. E o que é fotografado é o trabalho, é o resultado, é a forma como nos orgnaizamos no dia-a-dia. É o que conta enquanto aqui estiver", reforçou.

3
Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

ver exemplo

Ultimas de Benfica

Notícias

Notícias Mais Vistas

Copyright © 2019. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.

0