Record

Filme de terror na Luz

HÁ 29 ANOS QUE O BENFICA NÃO TINHA UM ARRANQUE TÃO NEGATIVO

O Benfica de Ronald Koeman está a rubricar o pior arranque de campeonato desde a longínqua temporada de 1976/77, quando os encarnados perderam em Alvalade (3-0) e empataram (2-2) em casa com o Sp. Braga nas duas primeiras jornadas do campeonato. Agora, 29 anos volvidos, o técnico holandês volta a igualar o péssimo registo para um crónico candidato ao título de não vencer qualquer encontro nas duas rondas inaugurais.

Tanto ou mais preocupante é o facto de, pela primeira vez na história dos campeonatos nacionais, o Benfica não ter apontado nenhum golo nas primeiras duas jornadas. Uma lacuna que se torna ainda mais grave pelo facto de Académica e Gil Vicente – as equipas que já defrontaram as águias –, não serem, com o devido respeito, propriamente adversários muito poderosos.

Mas, se no plano teórico, tudo apontava para que o Benfica pudesse somar seis pontos à segunda jornada o facto é que, na prática, tem apenas um e segue na cauda da tabela. Ronald Koeman tem, portanto, muito trabalho pela frente de forma a inverter a situação o mais depressa possível e arrancar para a defesa do título de campeão nacional reconquistado após 11 anos de um longo jejum.

Olhando para o resumo dos piores arranques de campeonato dos encarnados, constata-se que os rivais FC Porto (1946/47 e 93/94) e Sporting (1950/51, 52/53 e 76/77) atrapalharam várias vezes as contas. Uma atenuante que, conforme já se disse atrás, não existe nesta época o que pode colocar ainda mais pressão sobre os ombros de Koeman tendo em vista o "derby" com os leões já na próxima ronda.

Sem qualquer excesso de dramatismo, o certo é que o holandês terá de viver com o estigma de ser o responsável técnico por esta "falsa partida" da equipa na corrida ao título. É que pior só mesmo em 1946/47 e 1952/53 quando o Benfica – orientado, respectivamente, pelo húngaro Janos Biri e pelo uruguaio Alberto Zozaya – perdeu nas duas primeiras jornadas.

Bom prenúncio?

Pese os indicadores serem negativos, há um que pode funcionar a favor de Koeman nesta difícil tarefa de tirar a equipa do "fundo do poço". É que nas três últimas vezes em que o Benfica não venceu nas duas rondas inaugurais conseguiu sempre sagrar-se campeão nacional. John Mortimore em 1976/77 e Toni em 88/89 e em 93/94 deram a volta por cima.
86
Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
SUBSCREVA A NEWSLETTER RECORD GERAL
e receba as notícias em primeira mão

Ultimas de Benfica

Notícias

Notícias Mais Vistas

M