Fluminense corre o risco de não receber totalidade da verba pela venda de Gilberto

Em causa está uma penhora colocada por uma empresa, que reclama parte do valor em causa

• Foto: Pedro Simões

O Fluminense negociou a venda de Gilberto para o Benfica a troco de 1,5 milhões de euros (verba referente aos 50% do passe que detém), mas corre o risco de não receber parte da verba da transação. Tudo por causa de uma ação de penhora colocada empresa "Brazil Football", na sequência de uma dívida que o clube do Rio de Janeiro tem ainda da venda de Gerson para a Roma, em 2015.

De acordo com o Globoesporte, a ação de penhora foi colocada esta quinta-feira, mas o processo está em tribunal desde janeiro do ano passado, com a empresa em causa a reclamar o pagamento de cerca de 539 mil euros. Em causa está o facto de o Fluminense não ter cumprido um acordo feito em 2017, no qual se comprometia a pagar uma dívida inicial de 300 mil euros em 36 prestações, com um sinal de 5% do valor total a ser pago até julho desse mesmo ano. Ora, segundo a "Brazil Football", o Fluminense apenas pagou o sinal e não liquidou qualquer uma das mensalidades seguintes, levando-a então a colocar o processo em tribunal.

Nesta ação, refira-se, a empresa reclama o pagamento da dívida, mas também juros e uma compensação.

Por Fábio Lima
6
Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

ver exemplo

Ultimas de Benfica

Notícias

Notícias Mais Vistas

Copyright © 2019. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.