Gomes da Silva: «Azar dos ventiladores é não serem representados por um parceiro estratégico»

Candidato à presidência do Benfica volta a criticar duramente Luís Filipe Vieira

• Foto: Vítor Chi

Rui Gomes da Silva, candidato à presidência dos encarnados, reagiu esta segunda-feira com ironia à ajuda dada pelo clube da Luz na luta contra o coronavírus. Na sua crónica habitual no bloque 'Novo Geração Benfica', o antigo dirigente voltou a visar Luís Filipe Vieira.

"Enquanto Vítor Magalhães, presidente do Moreirense, oferecia 10 ventiladores ao Hospital de Guimarães, e Isilda Gomes, presidente da Câmara Municipal de Portimão, doava os 350 mil euros que ia gastar no GP de Motonáutica cancelado, para aquisição de ventiladores hospitalares, o Benfica, através da sua Fundação, 'perdia a cabeça' e arranjava verba para comprar... três ventiladores", escreveu Gomes da Silva.

"Quase apetecia dizer que o azar dos ventiladores foi não serem representados por um qualquer agente 'parceiro estratégico'", atirou ainda, em clara alusão ao poder do empresário Jorge Mendes no Benfica, algo que tem vindo a criticar com insistência.

A questão relativa à OPA também não passou ao lado. "Apesar de o tempo não ser de riso, mas de siso ... o que dizer do anúncio da possível desistência da OPA? A medida mais importante de todos os mandatos, 'a bem do Benfica', cai. Como se já não tivesse caído antes, no escrutínio rigoroso da CMVM, para além da clara oposição interna 'das gentes de bem que por lá existem'! Uma saída airosa - de quem se anuncia excelente gestor - antes de um chumbo vergonhoso!", considerou.

Esta segunda-feira, a Oferta Pública de Aquisição foi chumbada pela CMVM.

1
Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
SUBSCREVA A NEWSLETTER RECORD GERAL
e receba as notícias em primeira mão

Ultimas de Benfica

Notícias

Notícias Mais Vistas

Copyright © 2019. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.