Gomes da Silva e o avião privado para ir buscar Jesus: «Isto enquanto se dispensam jogadores...»

Assumido candidato à presidência do Benfica diz que sócios não percebem "atitude de milionário ou 'novo-riquismo' de Vieira"

Rui Gomes da Silva, ex-vice-presidente do Benfica e agora candidato às próximas eleições dos encarnados, criticou a atitude de Luís Filipe Vieira ter viajado para o Brasil - onde está para negociar a possível contratação de três jogadores do Flamengo e trazer Jorge Jesus - num "avião privado, pago pelo Benfica" numa altura em que se "cortam despesas" noutras áreas.

"O avião que está na foto é um avião privado, pago pelo Benfica, para o ainda presidente ir ao Brasil buscar o treinador. Isto enquanto se cortam despesas nas modalidades e se dispensam jogadores que ainda tinham muito a dar ao Benfica. Os sócios que, com sacrifício, pagaram quotas e cativos não percebem esta atitude de milionário ou 'novo-riquismo' de Luis Filipe Vieira... logo ele. Nem eu entendo. Talvez Vieira entenda em Outubro, quando os sócios lhe explicarem nas urnas", pode ler-se na coluna semanal que assina no blog 'Novo Geração Benfica'.

Na publicação, Gomes da Silva critica a escolha de Jorge Jesus para treinador do Benfica e fala no "desespero" de Vieira que custa "40 milhões de euros fora o resto": "14 milhões de um processo que desistiu sem nunca se entender porquê e agora 26 milhões para treinador e tudo o resto que nos chega do Flamengo".
 
"Todos sabem que Jorge Jesus não seria o treinador que eu escolheria para o Benfica. Não estarão, sequer, em causa as suas qualidades técnico-táticas (apesar de não se poder esquecer que na sua primeira passagem pelo clube nem tudo foi perfeito), mas sim a forma como tratou e se referiu a "nós", quando aceitou fazer parte (e não apenas como treinador) de uma estratégia anti-Benfica, comandada pelo então presidente do seu clube do coração. Há, por certo (pelos valores que vamos pagar), tão bons ou melhores treinadores no mundo, embora reconheça muito poucos com esse perfil, face às limitações de quem escolhe. Uma atitude bem reveladora do desespero em que se encontra o Presidente do Benfica, ao escolher, com tanto treinador pelo Mundo, exatamente aquele que nos atacou e que foi atacado - inclusive com um processo de 14 milhões de euros - como sendo o único capaz de orientar a nossa equipa!".

"Este é claramente um ato desesperado de quem enceta uma fuga para a frente, afinal, de quem precisa do Benfica", diz ainda o candidato à presidência dos encarnados.

Por Record
241
Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

ver exemplo

Ultimas de Benfica

Notícias

Notícias Mais Vistas

Copyright © 2020. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.