Gomes da Silva: «O 'futebol português' anda mortinho por oferecer um campeonato ao Sporting»

Antigo dirigente do Benfica analisa época 2018/19 e já projeta a próxima

• Foto: Paulo Calado

Rui Gomes da Silva realça esta segunda-feira a "justiça da vitória do Benfica no campeonato", considerando que a final da Taça de Portugal "foi o espelho desse pobre futebol de fim de época dos finalistas do Jamor".

"E se uns foram quase sempre regulares nessa banalidade do futebol exibido ao longo da época (com exceção dos jogos que fizeram logo a seguir à chegada do novo treinador), ... já os outros confirmaram a queda vertical que caracteriza as equipas daquele treinador, com primeiras metades de época muito boas e segundas metades cansadas, arrastando-se pelos campos, sem clarividência para contrariar resultados adversos ou combater os adversários, que o vão conhecendo cada vez melhor", considera o antigo vice-presidente do benfica no blog 'Novo Geração Benfica".

Rui Gomes da Silva projeta já  a Supertaça entre Benfica e Sporting, afirmando que por ele "era já". 

O antigo dirigente das águias faz uma análise à época do Sporting, do discurso aos troféus. 

"E o que a História vai registar é que, no ano a seguir ao "Assalto a Alcochete", o Sporting ganhou a Taça da Liga e a Taça de Portugal! Agora digam mal de Sousa Cintra ... ou, já agora, dos 15 penáltis a favor (a acreditar nos diferentes órgãos de comunicação social) que o Sporting teve a favor. E, com isso, conseguirem ter Bruno Fernandes como o médio europeu mais goleador ... na Europa ... sei lá desde quando. O problema - para eles - é que, para o ano ... não o terão a ele ... nem tantos penáltis a favor!Mas lembram-se ... da minha previsão? O "futebol português" anda mortinho por oferecer um campeonato ao Sporting", pode ler-se.

Gomes da Silva diz que o Benfica tem de começar já a preparar a época. "A péssima preparação da de 17/18 acabou com o sonho do penta! Como não recordar a venda - sem entradas à altura - de Ederson, Nélson Semedo, Lindelof etc. A má preparação da época de 18/19 deu no que deu ... até à entrada de Bruno Lage", sustenta, deixando um 'aviso".

"O que fizermos até julho - sem a pressão de pre eliminatórias da LC [Liga dos Campeões] - determinará, em grande medida, o que poderemos festejar em maio. E se o projeto europeu for sério ... não poderá coexistir com qualquer venda", frisa.

239
Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

ver exemplo

Ultimas de Benfica

Notícias

Notícias Mais Vistas

Copyright © 2020. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.