Grimaldo volta à mira do Nápoles

Clube de San Paolo pondera abrir mão de Ghoulam e pensa no lateral espanhol

• Foto: David Cabral Santos

Alejandro Grimaldo volta a estar na mira do Nápoles. De acordo com a imprensa italiana, o clube de San Paolo pondera abrir mão do franco-argelino Faouzi Ghoulam e pensa no lateral-esquerdo do Benfica, apesar de haver outras soluções.

Ainda sem data para o regresso da Serie A, o técnico Gennaro Gattuso quer dar nova oportunidade a Ghoulam, que tem contrato até 2022. Ainda assim, a renovação das laterais está em estudo, pelo que o Nápoles tem alvos em vista.

A imprensa italiana garante que o clube presidido por Aurelio De Laurentiis volta a fixar-se em Grimaldo, de 24 anos. O espanhol é um desejo antigo do sexto classificado do campeonato italiano, que por duas vezes o tentou contratar, mas sem sucesso, porque não acompanhou as exigências financeiras de Luís Filipe Vieira.

Grimaldo está vinculado ao Benfica até 2023 (renovou contrato em novembro passado) e o presidente da SAD não prescinde de receber, pelo menos, 35 milhões de euros pela transferência de um dos elementos nucleares do onze comandado por Bruno Lage. A cláusula de rescisão é de 60 milhões de euros.

Em todo o caso, o Nápoles tem outros nomes em carteira. Segundo ‘La Gazzetta dello Sport’, Michael Karbownik, jovem de 19 anos do Legia Varsóvia, e Kostas Tsimikas, grego de 24 anos do Olympiacos, são duas soluções mais baratas.

Agora agenciado pela Wasserman, que tem estreitas ligações ao mercado inglês, Grimaldo abriu recentemente a porta à saída. "Primeiro há que ganhar a Liga e a Taça de Portugal. Tudo pode acontecer, mas primeiro há que jogar", vincou o jogador, em abril passado.

Por Nuno Martins
Deixe o seu comentário
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

ver exemplo

Ultimas de Benfica

Notícias

Notícias Mais Vistas

Copyright © 2019. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.

0