Guerra na FIFA por Vinícius

Atlético Paranaense reclama 30 milhões de euros

• Foto: Luís Manuel Neves

O Atlético Paranaense reclama ao Benfica um valor de "cerca de 30 milhões de euros", pela contratação de Vinícius Ferreira, avançado de 18 anos contratado em agosto último, atualmente nos juniores.

O advogado do clube brasileiro, Rodrigo Monteiro, confirma a Record que a queixa deu entrada "a 11 de outubro" e "está no Comité Disciplinar da FIFA". "O jogador rescindiu de forma unilateral e injustificada quando estava ligado ao clube até 2018", sublinha, vincando que, "além do pagamento financeiro, o atleta poderá ser punido desportivamente, tal como o Benfica". Já o representante legal do jogador, Diego Barreto, explica-nos que o jovem "assinou contrato de formação com 14 anos, mas de forma ilegal, porque o vínculo ultrapassava seis anos de duração, quando a FIFA estabelece um máximo de cinco". Vinícius tem agora um certificado provisório da FIFA para poder jogar, "válido por cerca de um ano", mas "a reclamação do Atlético não tem procedência e o Benfica teria de pagar os direitos de formação correspondentes, o que andará em torno de 300 mil euros. O Benfica já notificou até o clube da sua intenção de pagar esse valor". Barreto acrescenta ainda que "o Atlético assediou moralmente o jogador e foi feita uma queixa formal".

21
Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

ver exemplo

Ultimas de Benfica

Notícias

Notícias Mais Vistas

Copyright © 2020. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.