Guillermo Celis a caminho por "um pouco menos de 2 milhões de euros"

Negócio com polivalente médio preso por formalidades

• Foto: Getty Images

Guillermo Celis, polivalente médio do Junior Barranquilla, está muito perto de tornar-se oficialmente reforço do Benfica até 2021. O negócio está neste momento preso por meras formalidades, tal como confirma a Record o presidente do emblema colombiano.

Assim joga Guillermo Celis
"Está praticamente tudo fechado. Só falta mesmo o Benfica enviar-nos o contrato de volta assinado. Da nossa parte, já enviámos tudo, só estamos à espera que eles devolvam a minuta. Mas é praticamente um negócio fechado", sublinha Alfredo González-Rubio, adiantando mesmo os montantes do negócio: "Um pouco menos de dois milhões de euros." O responsável máximo do emblema colombiano esclarece que ainda tentou garantir um futuro encaixe com a venda do jogador, "mas o Benfica nem deu hipótese". "Procurámos fazer uma operação desse tipo, porque o Guillermo Celis é um jogador muito forte e vai continuar a crescer. Claro que ficamos tristes ao vê-lo sair, mas é uma boa oportunidade para todos e, por outro lado, será bom vê-lo evoluir num clube como o Benfica", prossegue González-Rubio.

O dirigente não se coíbe, aliás, de esclarecer ao nosso jornal que "o Benfica foi a melhor opção, apesar de terem existido outras negociações adiantadas": "Estivemos perto de fechar com o Braga e também com o Ludogorets [Bulgária], mas a solução encontrada com as pessoas do Benfica – a primeira abordagem foi através do empresário do jogador, mas depois tratei de tudo diretamente com o presidente Luís Filipe Vieira – foi o melhor." À hora de fecho desta edição, o presidente do clube de Barranquilla ainda aguardava a receção da referida documentação, mas desde já avança que o jogador "é esperado em Lisboa na próxima semana". À espera de Guillermo Celis está na Luz um contrato válido para as próximas cinco temporadas, isto é, até 2021.

Um médio de eleição

Atualmente ao serviço da seleção colombiana na Copa América (disputa na madrugada do próximo domingo , contra os EUA, o terceiro posto), Celis é um médio com capacidade para ocupar sem problemas a posição 8, fragilizada com a venda de Renato Sanches ao Bayern Munique. Para Alfredo González–Rubio, o problema está resolvido. "É um jovem que cumpre igualmente bem nas posições 6 e 8. Tem muita dinâmica e gosta de chegar-se à área para tentar finalizar. Estamos a falar de um médio de primeira linha", remata.

Presença quase certa nos Olímpicos

Guillermo Celis dificilmente deixaria de fazer parte da seleção colombiana que vai estar nos Jogos Olímpicos, do Brasil, mas a provável mudança para a Luz deverá atrapalhar estes planos. O jogador, note-se, participou no apuramento da equipa e até esteve no Colômbia-Estados Unidos, em sub-23, que terminou com o apuramento da equipa sul-americana. Agora, Celis está concentrado na seleção principal do seu país e na madrugada de domingo ainda participa no jogo com os Estados Unidos, para decidir o 3.º e 4.º lugar da Copa América. Só depois ficará disponível para viajar até Lisboa e vestir a nova camisola.

Fé e... técnico ajudaram a conter o ímpeto

Guillermo Celis é um médio reputado na Colômbia, mas nem sempre teve a fama de que hoje em dia granjeia. Nos seus primeiros tempos com a equipa principal do Junior Barranquilla – ali cumpriu a formação –, o médio era até conhecido pela elevada quantidade de cartões amarelos e vermelhos com que ia sendo brindado. Tudo fruto da elevada carga de impetuosidade com que abordava os lances. Até que um dia, no rescaldo de uma dessas expulsões, resolveu acalmar-se com a fé. "Andava frustrado. E um dia cheguei a casa e ajoelhei-me. Pedi a Deus, porque me perguntava: ‘Porque é que tudo me acontece? Antes, via muitos cartões amarelos e vermelhos. Era muito impulsivo, queria levar tudo à frente e não pensava tanto. Depois de uma expulsão, nem tinha vontade de jogar mais. Mas depois o treinador [Alexis Mendoza] disse-me que tinha de pensar mais e não ser tão acelerado e impulsivo. Isso, aliado com a minha fé, ajudou-me a ser melhor", confessou, ao diário ‘El Heraldo’.

Por Nuno Martins e Vanda Cipriano
5
Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

ver exemplo

Ultimas de Benfica

Notícias

Notícias Mais Vistas

Copyright © 2019. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.