Record

Hassan lembra quando foi assobiado na própria casa

Avançado recorda seca de golos que passou

Hassan sabe bem o que custa atravessar uma seca de golos. Hoje com 52 anos, o antigo avançado marroquino chegou a ser assobiado pelos adeptos na Luz.

Melhor marcador do campeonato pelo Farense, em 1994/95, chegou à Luz com grandes ambições: "Queria ser o melhor marcador na Europa. Se tinha feito 21 golos no Farense, podia marcar mais de 30 pelo Benfica."

Uma grave lesão no joelho afastá-lo-ia da competição durante cinco meses. Quando voltou, tardou a entrar no onze e os golos não apareciam. "Os adeptos chegaram a assobiar-me, o que me causou grande revolta. Foi preciso muita calma para não reagir, até porque era apenas uma parte." Nessa fase, contou com o amparo da família e dos companheiros. "Jogadores como João Pinto, Preud’homme e Hélder apoiaram-me imenso. Falavam muito comigo."

Hassan, que marcou nove golos em 27 jogos de águia ao peito, lembra a época no WAC em que não faturou nos sete primeiros jogos. "Ao oitavo, assinei um hat trick. Fui o melhor marcador do campeonato."
Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
SUBSCREVA A NEWSLETTER RECORD GERAL
e receba as notícias em primeira mão

Ultimas de Benfica

Notícias

Notícias Mais Vistas