Record

Investimento para a próxima época vai aumentar com ou sem Champions

SAD aponta a investir forte no reforço do plantel

• Foto: Miguel Barreira

Qualquer que seja o desfecho em Alvalade, não será definitivo no que diz respeito ao futuro de Benfica e Sporting, mas deixará por certo bem mais claro o destino em 2018/19. Com duas rondas por disputar, o FC Porto necessita apenas de pontuar para se sagrar campeão, pelo que a águias e leões resta a disputa pelo lugar de acesso à 3ª pré-eliminatória da Champions. E na Luz, sabe Record, o dérbi reveste-se de especial importância também por poder vir a provocar uma inflexão na estratégia da SAD.

Se até aqui o planeamento de Luís Filipe Vieira e seus pares vinha passando pelo travão ao investimento – com especial enfoque na redução do passivo –, uma saída da ‘zona Champions’ com apenas uma jornada por disputar seria praticamente uma sentença para competir na próxima edição da Liga Europa, com todos os danos financeiros que tal acarretaria do ponto de vista da receita, muito inferior à proporcionada pela Liga dos Campeões, onde só a presença na fase de grupos rende 40 milhões de euros. Perante tal cenário, sabe o nosso jornal, são por esta altura muitos os responsáveis encarnados a considerar que será preciso abrir mais os cordões à bolsa na preparação da próxima época, de forma a atacar novamente o título e dessa forma assegurar o regresso aos milhões da dita Champions.

Na prática, significa isto que, mesmo com menos receita – leia-se, sem vice-liderança –, a sociedade anónima deverá apostar num maior reforço do plantel em quantidade e qualidade, tendo para isso de abrir os cordões à bolsa.

Para além disso, apurou Record, existe a firme convicção entre vários dirigentes benfiquistas de que os milhões que foram poupados nas últimas épocas terão agora de ser... gastos. Internamente, é reconhecido que a política de desinvestimento e aposta na formação foi suficiente para obter resultados – leia-se, títulos –, mas, numa altura em que será preciso retomar a luta pela conquista do campeonato, Filipe Vieira tem vindo a ser também pressionado a apostar forte no reforço da equipa e a apresentar soluções que deem (teoricamente) mais garantias do que as promessas da formação.

Rui Vitória seguro... até ver

Em todo o traçar dos projetos futuros tem sido incluído Rui Vitória e, de acordo com as informações recolhidas pelo nosso jornal, Filipe Vieira tem garantido a continuidade do técnico a todos os que o questionam sobre o tema. No entanto, uma possível queda para o terceiro (ou quarto) lugar não deixará de implicar reflexão de todas as partes, sendo esta passível de vir a quebrar antecipadamente um contrato válido até 2020.

Por Filipe Pedras,Luís Avelãs e Nuno Martins
Deixe o seu comentário
SUBSCREVA A NEWSLETTER RECORD GERAL
e receba as notícias em primeira mão

Ultimas de Benfica

Notícias

Notícias Mais Vistas

M