Jardel: «Foram muitos os que nos quiseram desacreditar»

Central deixa futuro em aberto

• Foto: Pedro Simões

Conquistado o título de campeão nacional e mais uma Taça da Liga, Jardel partiu esta manhã para o Brasil para gozar um período de férias, sem 'abrir o jogo' sobre o seu futuro.

"Agora quero estar com a família e descansar. Dia 27 volto de Florianópolis. Se regresso ao Benfica? Não sei; quem vai decidir isso é o meu empresário e o presidente", afirmou esta manhã, no aeroporto de Lisboa, o central brasileiro, já apontado à Lazio, ao Lyon e ao Borussia Mönchengladbach.

Questionado sobre se sentia mais valorizado depois desta época, Jardel não hesitou. "Sim, claro, todo o mundo sai valorizado esta época. Veja-se o que aconteceu com o Renato [Sanches] e com o Nico [Gaitán]. É fruto do trabalho da nossa equipa. Estamos todos de parabéns. Depois de muita gente nos ter desacreditado no início da época, querendo colocar-nos para baixo, demos a volta por cima com o apoio dos nossos adeptos que foram incríveis. Andámos sempre de cabeça erguida".

O central, de 30 anos, analisou ainda a defesa encarnada desta época que, com a lesão de Luisão, se viu 'obrigada' a várias mexidas. 

"Jogar ao lado deles é fácil. São todos grandes centrais. Na ausência do nosso capitão pela lesão no braço, Lisandro e Lindelöf provaram que são excelentes centrais. São jovens e têm um grande futuro pela frente. Aliás, todos os que entraram no lugar de companheiros lesionados deram sempre conta do recado. Por isso conseguimos fazer esta grande época".

Por Miguel Amaro e Sofia Lobato
Deixe o seu comentário
SUBSCREVA A NEWSLETTER RECORD GERAL
e receba as notícias em primeira mão

Ultimas de Benfica

Notícias

Notícias Mais Vistas

Copyright © 2019. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.