Jiménez no ataque ao leão

Mitroglou tem tido problemas físicos e deixa caminho livre ao mexicano

• Foto: Fernando Ferreira

Raúl Jiménez corre para a titularidade frente ao Sporting, no próximo domingo. O internacional mexicano deve manter o lugar no ataque do Benfica, à semelhança do que já aconteceu diante do Nápoles.

Além da boa exibição do camisola 9, coroada com um golo, Mitroglou está a contas com problemas físicos. Ao que Record apurou, o avançado grego, de 28 anos, tem apresentado queixa nos adutores, problema que o limitou nos últimos encontros. Mesmo assim, segurou o lugar no onze até à visita ao Marítimo, jogo em que as águias averbaram a primeira derrota neste campeonato.

No encontro seguinte, na passada terça-feira, no encerramento da fase de grupos da Champions, Rui Vitória confiou o ataque a Jiménez, a contratação mais cara de sempre do Benfica.

Esta temporada, os dois atacantes já provocaram dores de cabeça ao técnico, quando voltaram lesionados das seleções, em setembro, deixando o ataque sem pontas-de-lança, até porque Jonas também estava em recuperação. O grego voltaria ao onze pouco depois, mantendo a titularidade mesmo depois do regresso de Jiménez, em outubro, na deslocação a Kiev.

Especialista grego

Desde aí, Jiménez, de 25 anos, foi titular frente ao Moreirense, antes de ser lançado no onze na partida com os italianos. O ex-At. Madrid prepara-se, assim, para voltar a ser titular frente ao Sporting, o que só aconteceu uma vez: na época passada, fez dupla com Jonas no dérbi da Luz, que as águias perderam, por 0-3.

Nos outros dois jogos, ambos em Alvalade, começou no banco. Nesses três ocasiões, não marcou.
Mitroglou, por sua vez, revelou-se um especialista a ‘atingir’ o leão. Marcou sempre que foi titular, curiosamente, no reduto do rival. Na Taça de Portugal, colocou as águias em vantagem, mas a formação comandada por Jorge Jesus daria a volta ao resultado, carimbando a qualificação no prolongamento. No campeonato, decidiu o dérbi que colocou o Benfica na liderança, abrindo caminho ao tricampeonato.

Mesmo onze na calha para domingo

Rui Vitória não deverá efetuar qualquer mudança no onze , frente ao Sporting, relativamente ao encontro da passada quarta-feira, diante do Nápoles. Apesar da derrota e do desgaste intenso provocado por uma partida de Champions a meio da semana, o técnico das águias irá privilegiar a estabilidade no dérbi do próximo domingo.

Mesmo que a equipa venha de uma série negativa de resultados – dois desaires consecutivos –, a única alteração que poderia vir a acontecer seria o regresso de Grimaldo à titularidade, caso este estivesse recuperado do estiramento da zona abdominal que o tem colocado fora dos relvados. Contudo, tal não deve acontecer e, desta forma, o espanhol irá permanecer no boletim clínico, com Eliseu e André Horta. Jonas já se treina no relvado.

Números

3 jogos em que Jiménez foi lançado a titular por Rui Vitória, esta época, sendo que em todos eles marcou. Situação que se repetiu na passada quarta-feira, depois dos encontros para o campeonato, frente ao Nacional e Moreirense.

5 golos apontados esta época pelo mexicano, nos 13 jogos em que foi utilizado. Ainda assim, apenas menos um que o habitual titular do ataque, Mitroglou. Pizzi lidera a lista com sete.

Por Nuno Martins,Valter Marques,Sotiris Milios e correspondente na Grécia
5
Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

ver exemplo

Ultimas de Benfica

Notícias

Notícias Mais Vistas

Copyright © 2019. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.