Jonas: «Luta pela Bota de Ouro europeia é complicada»

Avançado reparte liderança com Higuaín, ambos com 29 golos

• Foto: Manuel Araújo

Jonas leva nesta altura 29 golos na Liga NOS e reparte a liderança da Bota de Ouro europeia com Higuaín (Nápoles). Com a época a entrar na sua reta final, o troféu de melhor marcador dos campeonatos europeus é possível e o avançado brasileiro, apesar de não estar obcecado, admite que o prémio funciona como "motivação extra".

"Em primeiro pensamos no coletivo, mas quando começam acontecer as coisas no plano individual começamos a ter uma motivação extra e, para mim, estar a lutar pela Bota de Ouro europeia é importante, pois é um sinal que tenho vindo a fazer golos e a ajudar a equipa de alguma maneira. Os avançados precisam de golos mas a luta é complicada com muitos grandes jogadores nessa disputa. Vamos deixar as coisas acontecerem naturalmente", afirmou o atacante no aeroporto de Lisboa, antes de embarcar para o Brasil, onde vai representar a seleção brasileira.

Questionado sobre se vê os golos dos rivais, como Higuaín mas também Cristiano Ronaldo ou Suárez, Jonas lembrou que é normal acompanhar, dentro do possível: "Faz parte do trabalho também, mas a maioria dos jogos são à mesma hora por isso não podemos acompanhar tão bem em direto, mas depois sabemos o que aconteceu e quem marcou. Hoje em dia isso é fácil pelos meios de comunicação, mas só tenho de pensar no meu trabalho e deixar as coisas acontecerem naturalmente como tem vindo a acontecer. Ainda faltam algumas coisas para alcançar os nossos objetivos."

Ainda assim, Jonas negou que os colegas joguem para si, no sentido de conseguir atingir o troféu de melhor marcador na Europa: "Nada disso. Connosco não há invididualismos pois pensamos sempre primeiro em ajudar o Benfica a vencer o campeonato."

Por João Soares Ribeiro
Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
SUBSCREVA A NEWSLETTER RECORD GERAL
e receba as notícias em primeira mão

Ultimas de Benfica

Bruno Lage é para blindar

Principal objetivo das águias é passar a cláusula de rescisão do técnico dos 10 milhões de euros para os 20 milhões

Notícias

Notícias Mais Vistas

Copyright © 2019. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.