José Augusto: «Renato Sanches faz-me lembrar Eusébio»

Magriço vê muito do Pantera Negra no jogo do jovem das águias

José Augusto, Eusébio, INCM, Pantera Negra, Renato Sanches, Benfica
José Augusto, Eusébio, INCM, Pantera Negra, Renato Sanches, Benfica • Foto: Inês Lourenço

José Augusto esteve esta quinta-feira presente no lançamento do Plano de Moedas Comemorativas de 2016 para falar do amigo Eusébio, que recebeu, da parte da Imprensa Nacional-Casa da Moeda (INCM), uma moeda especial que visa patentear o legado do Pantera Negra no futebol português. Ao recordar a vivência com Eusébio, José Augusto considerou que Renato Sanches tem no seu jogo algumas caraterísticas da antiga glória do Benfica.

"Renato Sanches faz-me lembrar Eusébio. Jogam os dois para a frente, de olhos na baliza, e em cada movimentação procuram sempre o remate, o golo. E tal como Eusébio, o Renato Sanches integrou-se rapidamente na equipa e nos moldes de jogo", disse José Augusto, que vê o gesto do INCM como "uma homenagem para Eusébio e para todos os portugueses".

"Foi um privilégio conviver com Eusébio. Assim que chegou ao Benfica e se mostrou, eu e os restantes colegas dissemos logo 'qual de nós fica de fora'?, porque rapidamente se viu que ele tinha algo especial. Destacou-se pela sua humildade e grandeza e, como colega, sempre foi extraordinário, tanto que nunca o vi aborrecer-se com um companheiro. Ainda deixa muitas saudades. Hoje em dia quando vejo o Benfica não me sai da memória o Eusébio", sublinhou o magriço.

Por Ricardo Granada
Deixe o seu comentário
SUBSCREVA A NEWSLETTER RECORD GERAL
e receba as notícias em primeira mão

Ultimas de Benfica

Notícias

Notícias Mais Vistas

Copyright © 2019. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.