Juiz adepto do Benfica continua no caso dos emails

Eduardo Rodrigues Pires tinha pedido escusa

O presidente do Tribunal da Relação do Porto manteve o juiz Eduardo Rodrigues Pires como relator do caso que opõe o Benfica ao FC Porto, avança o Jornal de Notícias. O juiz tinha pedido escusa por ser um adepto do clube lisboeta desde criança.

Eduardo Rodrigues Pires dirigiu o pedido ao presidente da Relação do Porto, Ataíde Neves, a 14 de janeiro, num documento em que explicava que é titular do red pass das "águias", tendo "lugar cativo no Estádio da Luz", e tendo-lhe sido atribuída uma "Águia de Ouro" a 9 de março de 2019, pelos 50 anos de sócio."

"Pese embora a imparcialidade que sempre regeu o seu exercício profissional e que também nortearia neste caso, é, em consonância com tudo o que se tem vindo a referir, um apaixonado adepto do Sport Lisboa e Benfica, o que pode, ponderosamente, levar a que se possa suspeitar dessa sua imparcialidade", escreveu.

24
Deixe o seu comentário
SUBSCREVA A NEWSLETTER RECORD GERAL
e receba as notícias em primeira mão

Ultimas de Benfica

Notícias

Notícias Mais Vistas

Copyright © 2019. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.