Lage e o jogador do Vilafranquense que deve servir de exemplo

Kikas marcou na Luz e agora está na 2.ª Liga

A carregar o vídeo ...
Bruno Lage dá jogador do Vilafranquense como exemplo

Bruno Lage foi confrontado com o facto de haver alguns jovens da equipa do Benfica que perderam influência no onze benfiquista e acabou por dar o exemplo de um jogador, para explicar que nem sempre é fácil os jogadores manterem-se no topo. O técnico sublinha que "quem jogou ontem e não está a jogar hoje só tem que continuar a trabalhar", e exemplificou com o avançado Kikas, que trocou recentemente o Belenenses SAD pelo Vilafranquense, da segunda Liga. 

"Ainda ontem [domingo] estava a olhar para o jogo da Equipa B e vi um avançado do Vilafranquense. Reconheci aquela cara, mas falhava-me o nome. Com o auxílio dos meus colaboradores, cheguei lá. Era o Kikas, o jogador que na época passada fez o golo do empate do Belenenses no jogo contra nós [2-2 no Estádio da Luz]. O miúdo fez um excelente jogo nesse dia, marcou o golo do empate, durante dois/três dias os jornalistas deram-lhe destaque, e o futebol depois é isto, agora ele está no Vilafranquense. Por vezes é importante dar um passo atrás ou ao lado para dar vários passos à frente. O futebol é dia a dia, e temos de aproveitar o momento para trabalhar e não relaxar. A vida vai-nos dando oportunidades em função do que vamos fazendo, e a cada momento temos de estar a top. Quem jogou ontem e não está a jogar hoje, só tem um caminho: continuar a trabalhar", vincou Lage na antevisão ao jogo com o Famalicão.

O setubalense explicou que na carreira de cada jogador ou treinador é normal que hajam sempre altos e baixos, mas que o mais importante é ninguém perder a confiança. Aliás, Lage confessou mesmo que ainda recentemente, tinha falado disso com um jogador do plantel das águias. "Temos de ter esta perspetiva de render sempre a todo o momento. Sem melindrar quem quer que seja, mando um abraço ao Kikas, para que continue a trabalhar, porque a vida é mesmo assim, e ainda há pouco estive a falar com um jogador do nosso plantel sobre isso. Não jogar, principalmente para um jovem, é a pior coisa que se pode ter acontecer na carreira. Há pouco falei com o Svilar, que estava numa situação difícil, de jogar pouco, e ele fez um percurso fantástico, de trabalho e neste momento as pessoas já olham para ele de maneira diferente, como grande contratação. Nós olhamos para ele da mesma forma, tem feito um campeonato muito bom na Equipa B", concluiu.

Por Valter Marques
1
Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

ver exemplo

Ultimas de Benfica

Notícias

Notícias Mais Vistas

Copyright © 2020. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.