Lema preferiu sempre o Benfica

Apesar de haver mais interessados

• Foto: D.R. Record

Há muito que Cristian Lema estava a par do interesse do Benfica e a verdade é que também foi pela vontade do defesa-central que o negócio acabou mesmo por se concretizar. Quem nos garante é o técnico Pablo Lavallén.
"Ele teve sempre vários clubes interessados, muito pelo facto de ter realizado uma boa temporada. Tinha clubes interessados em Espanha, Brasil, Argentina e México, mas também me falou do interesse do Benfica e sobre essa possibilidade de jogar em Portugal", começou por dizer o treinador, lembrando a vontade do argentino: "Sempre foi a hipótese que mais lhe agradou por poder jogar na Liga dos Campeões."

O nosso jornal, recorde-se, já tinha dado conta desta situação. O futebolista, capitão do Belgrano, está preparado para um novo desafio e vê o Benfica como palco ideal para dar seguimento à carreira.

Esperado

Com os termos da mudança para a Luz acertados, Cristian Lema já vai fazendo as malas para rumar a Lisboa e poder cumprir os obrigatórios exames médicos, antes de poder colocar a sua assinatura num contrato que, tudo indica, será válido para as próximas três temporadas, à razão de 1,5 milhões de euros por cada uma delas.

O processo sofreu vários avanços e recuos ao longo das últimas semanas, mas acabou por ver ditado o acerto com o emblema da Luz, que assim garante o seu oitavo reforço para a campanha 2018/19, depois de Vlachodimos, Ebuehi, Germán Conti, Castillo, Ferreyra, Chiquinho e João Amaral. Estes dois últimos, porém, estão longe de ter continuidade garantida no plantel às ordens de Rui Vitória. O jogador contratado ao V. Setúbal, por exemplo, já tem o Sheffield Wednesday no seu encalce e deverá mesmo ser emprestado por uma temporada.

Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

ver exemplo

Ultimas de Benfica

Notícias

Notícias Mais Vistas

Copyright © 2019. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.

0