Leo: «Não esperava ver-me no Museu»

Antigo defesa emocionado com momento

De visita a Portugal na companhia de Modesto Roma Junior, presidente do Santos, o antigo defesa esquerdo Leo mostrou-se muito feliz por ter voltado a pisar o relvado do Estádio da Luz, mas também emocionado ao 'encontrar-se' no Museu Cosme Damião.

"O Benfica reinventa-se. Ao entrar no Museu ficamos emocionados. Está aqui a história de todos os jogadores, do clube, de Portugal e do Mundo. O Benfica está de parabéns pela qualidade do espaço. Fico feliz e honrado por estar numa pequena parte da história do Benfica. Emociona. Não esperava ver-me no Museu", admitiu o brasileiro, agora com 41 anos.

Na memória do antigo jogador estão as conquistas nos encarnados, mas também o apoio que sempre recebeu. "Conquistei uma Supertaça no Benfica. O que ficou foi a empatia com os adeptos e a identificação com o clube. Sou grato ao Benfica por tudo. Queria ter ficado mais tempo mas não pude por problemas pessoais que o clube me ajudou a resolver. Os benfiquistas são o 12.º jogador. Eles criam o Inferno da Luz no Estádio. Sempre tive um contacto muito próximo com o adepto do clube", admitiu.

A finalizar, e em jeito de apelo, Leo admitiu que gostava de ver um duelo entre o 'seu' Santos e o Benfica, partida que poderá ser como despedida do esquerdino dos adeptos do peixe. "Gostaria que o Santos e o Benfica se reencontrem. São dois clubes de classe mundial", finalizou.

Por Fábio Lima
5
Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

ver exemplo

Ultimas de Benfica

Notícias

Notícias Mais Vistas

Copyright © 2019. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.

0