Vieira abre o jogo sobre a OPA: "do melhor negócio de sempre" ao parceiro estratégico

Presidente dos encarnados explica o porquê da operação e os timings

• Foto: Vítor Chi

Luís Filipe Vieira esclareceu o porquê da OPA à Benfica SAD e o timing da mesma. O presidente encarnado falou num excelente negócio para as águias, no sentido de reforçar a posição do clube e de permitir no futuro ter um parceiro estratégico.

"Primeiro, acho que não escondi a ninguém que estou aqui para defender o Benfica e a obra fala por si. A posição que se tomou para defender esta política tem a ver com a estratégia de futuro. O Benfica quer reforçar capitais próprios e faz parte da estratégia de desenvolver o Benfica aos benfiquistas. Parece que quando se faz algo no Benfica há negocio escondido, mas não há. Vão perceber isso. Iremos ficar com cerca de 95 por cento do capital. Há pouca gente que sabe o que o Benfica vale hoje e isso preocupa muita gente. Se calhar desde que estou aqui este é o melhor negócio de sempre no Benfica. Por exemplo, o Lyon teve 20 por cento do clube vendido por 100 M€", começou por dizer à BTV.

"O Benfica passa a tomar decisões por ele próprio com esta OPA e pode ter um parceiro estratégico, como o Bayern. Não tem necessidade de ter 27 por cento em gente que não controlamos. Reforço que estou cá há 18 anos e acho que as decisões que tomei foram decisões muito profundas e a visão que tive foi bem evidente", acrescentou Vieira.

Questionado sobre os timings, o presidente das águias lembrou que o Benfica "está muito apetecível": "Financeiramente estamos bem para isso. E acho que o Benfica está muito apetecível e era o momento ideal para ser salvaguardado. Olhando para os números do Benfica, deviam aperceber-se."

Deixe o seu comentário
SUBSCREVA A NEWSLETTER RECORD GERAL
e receba as notícias em primeira mão

Ultimas de Benfica

Notícias

Notícias Mais Vistas

Copyright © 2019. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.