Luisão corre para Braga

Exame confirma lesão muscular na coxa direita que implica paragem de três a quatro semanas

• Foto: Filipe Farinha

A lesão muscular na coxa direita sofrida por Luisão no jogo com o Rio Ave vai implicar uma paragem de três a quatro semanas. Desta forma, o internacional canarinho é baixa confirmada para o dérbi do próximo dia 3 e, na melhor das hipóteses, será novamente opção para a deslocação a Braga, relativa à 18ª jornada, que está agendada para o dia 14 de janeiro.

Certa para já é a ausência no embate de amanhã em Tondela, bem como nos dois últimos jogos de 2017, ambos relativos à Taça CTT: Portimonense (dia 20) e V. Setúbal (29), sendo que os encarnados precisam vencer, face ao empate (1-1) com o Sp. Braga na primeira jornada da fase de grupos desta competição. No arranque do novo ano, o dito confronto na Luz com os leões também está fora de hipótese e tudo indica que o camisola 4 falhe também a deslocação das águias ao terreno do Moreirense (7 de janeiro, 17ª jornada da Liga).

O jogador, de 36 anos, realizou ontem ao início da tarde um exame que revelou com precisão a gravidade da mazela. O defesa vai agora começar o processo de recuperação, procurando voltar ao leque de opções no dito embate na Pedreira. Sem o indiscutível titular, quem beneficia é Lisandro López, que amanhã volta ao onze inicial. Entretanto, Rúben Dias está na fase final da recuperação e reentra na luta para formar dupla com Jardel.

Décima ausência

Deste que Luisão chegou à Luz, no verão de 2003, Benfica e Sporting defrontaram-se em 37 ocasiões e o capitão das águias falhará agora o seu 10º dérbi. Sem o brasileiro, a águia tem um balanço positivo de quatro vitórias, três empates e duas derrotas.

Miniférias no Brasil devem perder efeito

O processo de recuperação a que terá de ser submetido nas próximas semanas (ver peça principal) deverá esvaziar o efeito das miniférias no Brasil que Luisão tinha previstas para esta quadra natalícia. O capitão apontava a rumar a ‘casa’ entre os próximos dias 21 e 26, sendo que neste último dia seria o arranque da preparação do embate em V. Setúbal, para a Taça CTT. Com este revés, porém, fica bem mais complicado para o central ausentar-se do país, apesar de não ser impossível que tenha a devida autorização da SAD para tal.

Por João Soares Ribeiro e Valter Marques
5
Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

ver exemplo

Ultimas de Benfica

Notícias

Notícias Mais Vistas

Copyright © 2020. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.