Luisão: «Entrei no vestiário e não havia um chuveiro normal»

Brasileiro recorda episódio pouco depois de chegar ao Benfica

Luisão volta a vincar esta sexta-feira a gratidão ao Benfica em entrevista os meios do clube, na qual recorda o que sentiu quando chegou a Lisboa.

"O que fica marcado para mim é que, quando cheguei, fomos treinar em Massamá, entrei no vestiário e não havia um chuveiro normal, apenas um cano. Vim do Cruzeiro, que tinha um centro de treinos do melhor que havia no país, e vendo já aquilo que a seleção do Brasil tinha. Cheguei aqui e vi um Benfica sem estrutura, um pouco estranho para aquilo que imaginava, refere Luisão, acrescentando que até pensou em desistir:

"A primeira vontade que tive foi ligar para o meu empresário e dizer-lhe que aquilo que encontrei não era possível, que assim não dava. E aí o Presidente chamou-me e disse: "O que você encontrou aqui, daqui por uns anos não vai ser nada disso. A minha visão é esta: vou colocar o Benfica onde merece estar. Já construímos o Estádio, o Centro de Treino vai ser gigantesco e nossa estrutura a longo prazo vai ser essa." Por isso valorizo tanto a visão do nosso Presidente. Aconteceu tudo tal e qual ele me falou naquele começo e não tem limites para finalizar", frisa, explicando que sempre teve em mente "fazer história".

Objetivo que cumpriu e que o leva a fazer um agradecimento especial a Luís Filipe Vieira, que "foi ao Brasil e acreditou num jogador que até então era uma promessa".

Questionado sobre o que o fez ficar no Benfica tantos anos, respondeu. "Foi sempre a visão do presidente. Foi sempre ele que me fez acreditar num rumo, num sonho. Agora que encerrei a carreira, vejo que foi ainda melhor do que eu esperava. Estou-lhe muito grato."

38
Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

ver exemplo

Ultimas de Benfica

Notícias

Notícias Mais Vistas

Copyright © 2020. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.