Luisão: o melhor momento, o pior momento e a mágoa

Capitão do Benfica foi homenageado na Luz depois de anunciar o fim da carreira

Luisão foi homenageado esta terça-feira no estádio da Luz depois de anunciar o fim da carreira como futebolista. O brasileiro elegeu o seu melhor e pior momento ao serviço do Benfica, abordando também a ausência de um título internacional durante os 15 anos em que esteve ao serviço das águias".

"Melhor momento? Há dois, o golo ao Sporting que nos deu o título, que hoje ainda cria alguma polémica, sabendo se foi falta. Pelas minhas filhas, não foi! E quando parti o braço. Confesso que ouvia muitas dúvidas e achei que a minha carreira tinha morrido mas a minha família é forte e houve pessoas que apostaram em mim. Renasci quando fomos tetracampeões", começou por dizer.

"Pior momento? Difícil em 15 anos colocar um pior momento. Foi quando no campo não se percebeu o apoio da bancada e lutei pelos meus companheiros pelo apoio de fora. Houve jogos em que tentei defender os meus colegas. Acredito que o adepto tenha ficado chateado mas depois tudo voltou ao normal. Vivi dias tristes quando a equipa tomou postura contra o adepto", referiu.

"Faltou título internacional? Faltou. É uma das coisas que lamento na carreira. Acho que, pelo crescimento do clube... tivemos duas oportunidades e isso é algo que vou lamentar, pois tínhamos total possibilidade de ter mais uma conquista", admitiu.

Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
SUBSCREVA A NEWSLETTER RECORD GERAL
e receba as notícias em primeira mão

Ultimas de Benfica

Notícias

Notícias Mais Vistas

Copyright © 2019. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.