Manuel Vilarinho: «Achei normal o Benfica ser campeão da Europa com 13 anos, hoje seria um milagre»

Antigo presidente mostrou-se feliz por não faltar dinheiro

• Foto: Pedro Ferreira

Manuel Vilarinho começou por recordar o pai que foi dirigente do Benfica e as lágrimas começaram a apoderar-se dos olhos: "O Benfica faz-me chorar muito", garantiu. Em declarações ao programa 'Benfica de Quarentena' referente à página 'Benfica Independente', o antigo presidente das águias lembra-se "de ir sozinho à bola apanhando o elétrico" quando era jovem. "Com 13 anos, se calhar achei que era uma coisa normal ser campeão europeu. Éramos os melhores e estava nos livros que tinha de ser assim. Achei uma coisa natural tendo 13 anos o facto de ser campeão da Europa. Hoje, com a idade que tenho, acharia um milagre", disse, entre risos.

Na década de 1960, depois de se sagrar bicampeão europeu, o Benfica ainda perdeu finais europeias com Inter Milão, AC Milan e Manchester United. O então jovem Vilarinho já entendi os acontecimentos de outra forma.

"Vi tudo, aí sou mais velho, tinha mais noção das coisas. Perdemos porque se calhar os outros foram melhores. Não há nada a comparar com as restantes finais perdidas. Com 15 ou 16 anos já admitia que éramos bons mas se calhar não éramos tanto", vincou o antigo dirigente das águias, de 71 anos, reforçando o anseio de ver as águias voltarem ao topo da Europa. 

"A esperança é a última coisa a perder-se embora possa ser um milagre. A esperança não se perde. Por que não? Em função de como está o futebol, é cada vez mais difícil. Já somos campeões de uma coisa: não termos falta de dinheiro", reiterou o antecessor de Luís Filipe Vieira.

1
Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

ver exemplo

Ultimas de Benfica

Notícias

Notícias Mais Vistas

Copyright © 2019. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.

0