Milhões para rentabilizar nas alas

Um plantel de luxo

• Foto: Manuel Araújo

A contratação de Rafa, por 16,4 milhões de euros, vem dar ainda mais corpo a um recente investimento em extremos que já de si era volumoso. E que é também de luxo. Na prática, a soma dos valores pagos pelos direitos económicos dos alas do atual plantel ascende a praticamente 60 milhões de euros – 58,5, mais concretamente (ver infografia).

Pouco mais barato do que o novo camisola 27 das águias foi Pizzi, mas também este internacional português justificou (em duas fases), o envio de 14 milhões de euros para os cofres do Atlético Madrid, tendo a segunda tranche sido alinhavada no final do ano passado. Em moldes semelhantes foi adquirido o passe de Salvio, que ascendeu a 13,5 milhões de euros. A seu tempo, diga-se, cada um destes jogadores foi batendo o recorde de contratação mais cara do emblema da Luz, agora ‘detida’ (de longe) pelos 22 milhões de euros pagos por Jiménez.

Também com peso nesta soma estão ainda outros três reforços desta época e que também entram em concorrência para os flancos: Cervi, Carrillo e Zivkovic. O argentino motivou o pagamento de 4,6 milhões de euros (por 90 por cento do passe) ao Rosario Central, enquanto Carrillo e Zivkovic chegaram na condição de jogadores livres. No entanto, para garantir os serviços do internacional peruano e do jovem sérvio, os tricampeões tiveram de avançar com cerca de cinco milhões de euros em comissões e prémios de assinatura – por cada um deles.

Para as alas foi ainda contratado Benítez, a troco de 3,3 milhões de euros, mas o argentino proveniente do Lanús não entra nestas contas do atual plantel, face à cedência temporária ao Sp. Braga.

4
Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

ver exemplo

Ultimas de Benfica

Notícias

Notícias Mais Vistas

Copyright © 2020. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.