Noronha Lopes reage à demissão de Álvaro Dâmaso: «Atual presidente está cada vez mais só»

Candidato às eleições do Benfica lança críticas a Luís Filipe Vieira

• Foto: Fernando Ferreira

João Noronha Lopes, candidato às eleições do Benfica, reagiu esta sexta-feira à demissão do presidente da Mesa da Assembleia Geral da SAD dos encarnados, Álvaro Dâmaso, com críticas a Luís Filipe Vieira e à "forma ultrapassada como o Benfica é liderado". Em comunicado enviado às redações, 
o empresário vinca ainda que "o atual presidente está cada vez mais só e quem com ele convive atesta a sua perda de credibilidade".

Leia o comunicado da íntegra:

"A demissão do presidente da Assembleia-Geral da Benfica SAD, dr. Álvaro Dâmaso, um par de meses após a demissão do presidente da Assembleia-Geral do Benfica, confirma tudo o que tenho dito sobre a forma ultrapassada como o Benfica é, hoje, liderado.
Em poucos meses, demitiram-se o representante máximo dos sócios e o representante dos acionistas. O actual presidente está cada vez mais só e quem com ele convive atesta a sua perda de credibilidade.
Álvaro Dâmaso recordou-nos que o Benfica é gerido por um homem só e que o clube precisa de equipas e estratégias adequadas aos tempos que vivemos.
O episódio de uma OPA declarada ilegal pela CMVM só pode ter deixado marcas nos órgãos sociais da SAD e desconforto nos seus membros. Não há nova contratação que mascare esta realidade.
O silêncio sepulcral da direção sobre mais esta demissão é sintomático, revela desconsideração pelos benfiquistas, e prova que chegou a hora de virar a página na forma como o Benfica é liderado."

Por Record
18
Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

ver exemplo

Ultimas de Benfica

Notícias

Notícias Mais Vistas

Copyright © 2019. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.