Record

Nuno Gomes estreia-se perante adeptos encarnados

CONTINUA A SER GRANDE FIGURA DOS TREINOS

Oitocentos e vinte e quatro dias depois, Nuno Gomes volta esta noite a envergar a camisola do Benfica no Estádio da Luz. A última aparição (enquanto jogador do clube) do internacional português no reduto dos encarnados remonta a 14 de Maio de 2000, quando a formação benfiquista recebeu e venceu o Marítimo por 2-1 na derradeira jornada da temporada 99/00.

O avançado regressa hoje em circunstâncias bem diferentes daquelas de há pouco mais de dois anos. Na altura, Nuno Gomes começou no banco de suplentes por decisão de Jupp Heynckes e entrou aos 65’ a substituir João Tomás, numa altura em que o jogo estava controlado pelo Benfica.

Hoje vai regressar como a grande contratação do Benfica para a temporada que agora se inicia e já se tornou num verdadeiro ídolo da massa associativa benfiquista.

A julgar pelo desempenho do jogador nos treinos, os adeptos têm razões para estarem entusiasmados com a mais recente aquisição da SAD encarnada que promete não defraudar as expectativas. Tal como tem vindo a suceder desde que iniciou os treinos na Luz, Nuno Gomes voltou a ser ontem a grande figura da sessão de trabalho do plantel orientado por Jesualdo Ferreira.

Apontou três golos (um deles de belo efeito) e evidenciou um apreciável momento de forma, para quem integrou os trabalhos de pré-temporada dos benfiquistas há sensivelmente duas semanas.

Depois da estreia em “branco”, na semana passada diante do Celta de Vigo, Nuno Gomes terá hoje a oportunidade de assinalar o seu regresso ao Estádio da Luz com a camisola encarnada com aquilo que melhor sabe fazer: golos. A oposição promete ser forte, mas o apoio ao internacional luso será igualmente intenso.

Andrade é o único resistente

Do último jogo de Nuno Gomes pelo Benfica na Luz, Andrade é o único jogador que continua a fazer parte do quadro dos encarnados, tendo em conta os atletas utilizados frente ao Marítimo. Eis os utilizados; Enke; Andrade, Ronaldo, S. Nunes e J. Ribeiro; Poborsky (Maniche), Calado, Uribe e Sabry; Kandaurov (Chano); J. Tomás (N. Gomes).

Em branco na visita da "Fiore"

Depois de se transferir para Itália, Nuno Gomes regressou ao Estádio da Luz com a camisola da Fiorentina, no jogo de apresentação dos encarnados em 2000/01. O avançado não conseguiu qualquer golo frente à sua ex-equipa. Contudo, pela selecção nacional, Nuno Gomes marcou dois tentos à Estónia no recinto dos benfiquistas.
2
Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
SUBSCREVA A NEWSLETTER RECORD GERAL
e receba as notícias em primeira mão

Ultimas de Benfica

Notícias

Notícias Mais Vistas

M