Record

O "maestro" voltou à Luz

RUI COSTA REGRESSOU A CASA

Dia de festa no Estádio da Luz. O maestro Rui Costa está de volta a casa. O miúdo que encantou as hostes benfiquistas há mais de uma década regressa hoje a um local que conhece bem.

Um dos expoentes máximos da "geração de ouro" do futebol português paga esta noite, perante numerosos adeptos delirantes, a promessa de regresso feita no dia do "adeus", há 12 anos.

Sem nunca esconder o seu amor pela águia, Rui Costa fez a sua carreira pela competitiva Serie A italiana e depois de muitas emoções e alguns títulos, espera uma calorosa recepção daqueles que nunca o esqueceram e que a cada defeso aguardavam com nervosismo o hipotético regresso. É hoje!

Um “regista” de top mundial

Tal como aconteceu na Luz, cedo o "regista" passou a ser idolatrado em Itália: os seus golos e as suas assistências cativaram os "tiffosi" da Fiorentina, tendo esse fascínio sido apoiado na célebre dupla que fez com o argentino Gabriel Batistuta.

Rui Costa conduziu a equipa de Florença à conquista de duas Taças de Itália (1995/96 e 2000/2001, esta última com Nuno Gomes) e a quatro presenças nas taças europeias, uma das quais na Liga dos Campeões (1999/2000).

Mas tanta qualidade não poderia ficar apenas nas exíguas “quatro paredes” da Fiorentina e o poderoso AC Milan, que já tinha regalado os olhos com a sua magia, atacou em força. Passava o Verão de 2000.

Ao serviço da equipa de Milão, onde chegou com 28 anos, pôde, enfim, conquistar grandes títulos, tendo, curiosamente, ganho primeiro a Liga dos Campeões (2002/2003) do que o ceptro italiano (2003/2004), aos quais juntou ainda uma Supertaça Europeia (2002/2003).

Nas primeiras três épocas, actuou regularmente a titular, mas, com a chegada do jovem Kaká, as coisas complicaram-se e passou a ser muitas vezes suplente. E o Benfica ali tão… perto.

Os títulos do 10

Uma Taça dos Campeões, um campeonato italiano, um título português e um título mundial de juniores são os marcos da carreira do "10", que espalhou classe nos últimos 12 anos em Itália e foi uma referência da selecção nacional entre 1993 e 2004.

Perfil:

Nome: RUI Manuel César COSTA.
Data de Nascimento: 22 de Março de 1972 (34 anos).
Naturalidade: Lisboa.
Internacionalizações "AA": 94 (26 golos).
Internacionalizações nas camadas jovens: 34 (19 nas esperanças e 15 nos juniores).
Jogos nas taças europeias: 93 (61 na Taça dos Campeões, 16 na
Taça das Taças e 16 na Taça UEFA).
Golos nas taças europeias: 9 (dois na Taça dos Campeões, quatro na Taça das Taças e três na Taça UEFA).
Jogos na Supertaça Europeia: 1 (zero golos).
Jogos no campeonato português: 78 (13 golos), entre 1991/1992 e 1993/1994, ao serviço do Benfica.
67
Deixe o seu comentário
SUBSCREVA A NEWSLETTER RECORD GERAL
e receba as notícias em primeira mão

Ultimas de Benfica

Notícias

Notícias Mais Vistas

M