O que dizem os árbitros do Benfica-FC Porto sobre a expulsão de Lema

Foram ouvidos após o recurso dos encarnados ao segundo amarelo

O lance que ditou a expulsão de Lema

Os árbitros que dirigiram o Benfica-FC Porto reforçaram a opinião que Cristián Lema foi bem expulso depois de verem as imagens na televisão. 

No acórdão do recurso (rejeitado) dos encarnados ao lance do segundo amarelo, divulgado pelo Conselho de Disciplina (CD), pode ler-se a opinião unânime do árbitro Fábio Veríssimo, dos assistentes Paulo Soares e Nuno Pereira, do vídeo-árbitro Jorge Sousa e do quarto árbitro Hélder Malheiro: o central argentino cometeu uma falta sobre André Pereira que interrompeu "um ataque prometedor".

Questionado pelo CD, Veríssimo afirmou que "as imagens não conferem nenhuma análise contrária à perceção e interpretação" que fez no decurso do jogo. "O jogador número 25 do Benfica abordou o lance de forma extemporânea e de pé alto, atingindo de forma imprudente, com um pontapé, o seu adversário num braço, quando este controlou a bola com o peito e se preparava para desenvolver uma jogada de ataque prometedor, ficando um para um com outro colega do aludido jogador número 25 do Benfica".

Jorge Sousa, que desempenhou a função de VAR nesse jogo, confirmou que visionou o lance e que concorda "com o juízo formulado pelo árbitro".

Perante estes testemunhos, o CD considera claro que o comportamento de Lema "foi observado, percecionado e avaliado pela equipa de arbitragem, que o considerou disciplinarmente relevante".

O Benfica recorreu do segundo amarelo exibido a Lema, considerando que foi mal exibido. No entanto, o pleno do CD manteve a decisão e o jogo de castigo do central argentino, cumprido no encontro da Taça de Portugal diante do Sertanense.

Por Sérgio Krithinas
Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
SUBSCREVA A NEWSLETTER RECORD GERAL
e receba as notícias em primeira mão

Ultimas de Benfica

Notícias

Notícias Mais Vistas

Copyright © 2019. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.