Olímpicos podem atrasar Cervi

Pré-época em risco

Franco Cervi, aquele que foi o primeiro reforço assegurado pelo Benfica para a próxima temporada, integra a pré-convocatória da seleção argentina para os Jogos Olímpicos 2016, o que pode atrasar a chegada do jogador ao emblema da Luz. Os bons desempenhos que tem efetuado ao serviço do Rosario Central não passaram despercebidos ao selecionador alviceleste, Tata Martino, e podem garantir a Cervi a presença na competição que se vai realizar no Brasil, mas criar problemas aos responsáveis das águias.

Recorde-se que a congénere argentina estreia-se na prova, frente a Portugal, numa partida agendada para 4 de agosto. E na hipótese de os argentinos chegarem até ao fim da competição, isso levaria a que Cervi só chegasse a Portugal depois do dia 20 de agosto, data para a qual está marcada a final, e numa altura em que o campeonato português já teve início.

Recorde-se, até, que acelerar a integração do jogador era a razão pela qual o Benfica queria contar com Cervi já desde janeiro, mas tal não foi permitido, na altura, pelo Rosario Central.

Brilha na Libertadores

A presença de Cervi na pré-convocatória da seleção não surpreende. Ainda na madrugada de ontem, voltou a mostrar a razão pela qual foi tão cobiçado nas hostes da Luz. O extremo foi determinante no triunfo que selou a passagem do Rosario Central aos oitavos-de-final da Taça dos Libertadores. Frente ao Nacional Montevideo, foi o responsável pelas assistências para os dois golos que garantiram que o emblema argentino terminasse a fase de grupos na liderança do Grupo 2, o que assegura, teoricamente, um sorteio mais favorável na próxima fase da prova.

Por Valter Marques
1
Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

ver exemplo

Ultimas de Benfica

Notícias

Notícias Mais Vistas

Copyright © 2020. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.