Opção de Svilar criticada por ex-treinador

Max de Jong fala da mudança do guardião para o Benfica

• Foto: Paulo Calado

Max de Jong, antigo treinador de guarda-redes de Svilar no Anderlecht, critica a opção do belga pela saída rumo à Luz, em 2017. A mudança, vinca, "não foi positiva". "Quando a as pessoas que o rodeiam fizeram exigências impossíveis, disse a Van Holsbeeck [na altura diretor desportivo do Anderlecht] para vendê-lo. Mas ele jogou assim tanto no Benfica? Teria jogado mais se tivesse ficado", atira, em entrevista ao ‘La Dernière Heure’.

Ainda assim, De Jong deixa rasgados elogios ao jovem encarnado, de 19 anos. "Nunca vi um talento igual aos 17 anos. Era um ‘kamikaze’ na baliza. Não via perigo e não pensava. Saía a tudo. Era um animal nos treinos", dispara.

Recorde-se que Svilar acabou, de facto, por não conseguir impor-se de águia ao peito até ao momento. Em 2017/18, cumpriu nove jogos sob o comando de Rui Vitória, mas apenas três destes foram no campeonato – outros tantos ficaram marcados na Liga dos Campeões, faltando referir um na Taça de Portugal e dois na Taça da Liga. Já na última época, cumpriu 13 partidas, 12 como titular.

Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
SUBSCREVA A NEWSLETTER RECORD GERAL
e receba as notícias em primeira mão

Ultimas de Benfica

Notícias

Notícias Mais Vistas

Copyright © 2019. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.