Record

Paulo Almeida: «Contratação não foi à toa»

BRASILEIRO QUER PROVAR

O brasileiro Paulo Almeida marcou, ontem, o primeiro golo em Portugal. Pouco utilizado por Trapattoni, o médio brilhou na equipa B e mostrou-se confiante.

“Ainda faltam quatro jornadas para acabar a época e tenho de estar preparado para o caso de o técnico precisar de mim. Tenho muito a dar ao Benfica”, afirmou, explicando: “Sinto-me mais adaptado e espero ter mais oportunidades de mostrar que a minha contratação pelo Benfica não foi à toa.”

Aliás, Paulo Almeida garantiu que só não se afirmou no plantel principal por ainda não estar habituado ao futebol português. “No FC Porto também há exemplos de jogadores que são craques no Brasil e cá não se adaptam. Eu insiro-me nesse lote”, referiu.

Bem-disposto, o brasileiro dedicou o golo ao filho Matias que completa um ano no próximo mês e desabafou: “Espero ficar no Benfica e fazer o que fiz hoje [ontem].”

Delibasic sereno

Quem também jogou os 90 minutos frente ao Atlético do Cacém foi Delibasic. “Isso foi importante para mim, pois há meio ano que já não sucedia”, começou por dizer o sérvio que garantiu não ter “problema nenhum em voltar à B”.

“Esperava ser mais utilizado, mas entendo a situação. A equipa joga bem, está em primeiro na Liga e na final da Taça. O técnico explicou-me, tenho uma relação boa com ele e entendo a sua opção pelo Nuno Gomes”, disse, frisando: “Gostava de ficar no Benfica. É um grande clube e quero jogar muitos anos aqui.”
4
Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
SUBSCREVA A NEWSLETTER RECORD GERAL
e receba as notícias em primeira mão

Ultimas de Benfica

Notícias

Notícias Mais Vistas

M