Record

Paulo Almeida: «Importante não sofrer»

BRASILEIRO SATISFEITO

Paulo Almeida: «Importante não sofrer»
Paulo Almeida: «Importante não sofrer» • Foto: Pedro Ferreira
Reforço do Benfica para 2004/05, Paulo Almeida estreou-se anteontem nas competições europeias, com uma vitória diante do Anderlecht. Ainda que tenha sido um triunfo pela margem mínima, o ex-capitão do Santos destaca que o facto de os belgas não terem marcado qualquer golo pode ser decisivo no encontro da segunda mão, agendado para dia 24, em Bruxelas.

"Foi um jogo difícil. O Anderlecht é uma equipa muito boa e deu bastante trabalho à nossa defesa", começou por comentar o camisola cinco do emblema da águia, em declarações veiculadas pela empresa de comunicação que o assessoria. "O importante foi não termos sofrido golos em casa, o que pode fazer a diferença no segundo jogo", sublinhou, ainda, Paulo Almeida.

Aos encarnados, basta um empate para se qualificarem para a Liga dos Campeões, um dos objectivos definidos pelos responsáveis encarnados para esta temporada.

Espreitar o golo

Médio de características defensivas, Paulo Almeida, não deixou de realçar que esteve quase a facturar, aquele que seria o seu primeiro golo como profissional. O internacional olímpico brasileiro recorda esse lance, no final da primeira parte. "O Zahovic fez um belo passe de calcanhar. Rematei forte, mas a bola passou por cima da baliza", contou o futebolista.

Após a estreia nas eurotaças, o médio jantou com os outros jogadores brasileiros do plantel, entre os quais Argel, seu amigo desde os tempos em que jogaram no Santos. "O Argel tem sido o meu 'padrinho', em Lisboa. Como já está em Portugal há muito tempo, tem-me ajudado bastante na adaptação ao clube e ao País."
3
Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
SUBSCREVA A NEWSLETTER RECORD GERAL
e receba as notícias em primeira mão

Ultimas de Benfica

Notícias

Notícias Mais Vistas

M