Paulo Gonçalves pede a abertura da instrução no E-toupeira

Ex-assessor jurídico do Benfica garantiu que não cometeu qualquer crime

Paulo Gonçalves
benfica, SAD, Paulo Gonçalves
Paulo Gonçalves
Paulo Gonçalves
benfica, SAD, Paulo Gonçalves
Paulo Gonçalves
Paulo Gonçalves
benfica, SAD, Paulo Gonçalves
Paulo Gonçalves

O ex-assessor jurídico do Benfica, Paulo Gonçalves, pediu esta quinta-feira a abertura de instrução do processo E-Toupeira, avançou o Correio da Manhã.

No último dia de prazos, já depois de a Benfica SAD ter entrado com o requerimento, o ex-assessor jurídico encarnado vem garantir que não cometeu qualquer crime. Diz que praticava atos de cortesia e que nunca pediu aos funcionários judiciais para acederem ao portal Citius. As camisolas que oferecia, diz, eram também atos de simpatia. 

Recorde-se que a SAD do Benfica requereu também esta quarta-feira a abertura de instrução do processo, alegando que a acusação do Ministério Público é infundada e que terá de cair nesta fase.

Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
SUBSCREVA A NEWSLETTER RECORD GERAL
e receba as notícias em primeira mão

Ultimas de Benfica

Notícias

Notícias Mais Vistas

Copyright © 2019. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.