Pizzi e Roberto pagaram-se um ao outro

Transferência do português em 2013 anulou dívida do Atlético Madrid

• Foto: Vítor Chi

Pizzi chegou ao Benfica em 2013 em troca com Roberto. De acordo com os alegados contratos divulgados na internet, os encarnados compraram 50 por cento dos direitos económicos do médio português por 6 milhões de euros e, no mesmo dia, venderam a totalidade do passe do guarda-redes espanhol ao Atlético Madrid pela mesma verba.

Roberto, que teve uma má passagem pela Luz, tinha sido transferido para o Saragoça em 2011, tendo a ficado um fundo de investimento responsável pelo pagamento da transferência de 8,6 milhões de euros. Só que esse tal fundo nunca terá cumprido o acordado e o Benfica voltou a ser dono do passe do guarda-redes.

Em julho de 2013, as águias conseguiram finalmente vender Roberto, numa operação simultânea à compra de Pizzi. Em setembro de 2015, o médio acabou por tornar-se jogador dos encarnados a 100 por cento, tendo essa operação custado mais 8 milhões aos cofres do Benfica.

Por Sérgio Krithinas
22
Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

ver exemplo

Ultimas de Benfica

Notícias

Notícias Mais Vistas

Copyright © 2020. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.