Processo dos vouchers prossegue na justiça civil

Após ser dado como concluído no aspeto desportivo

• Foto: EPA

A 24 de janeiro de 2018, o Ministério Público juntou o processo dos vouchers, que agora se dá por concluído no âmbito da justiça desportiva, ao ‘caso dos emails’, instaurado na sequência da fuga de informação revelada por parte do FC Porto. O mesmo processo segue agora na justiça civil. Recorde-se que a Unidade de Combate à Corrupção da Polícia Judiciária realizou buscas nas instalações da SAD do Benfica no dia 11 de outubro de 2016, depois das suspeitas levantadas por Bruno de Carvalho, presidente do Sporting, sensivelmente um ano antes. O dirigente do rival verde e branco acusava os encarnados de oferecer a árbitros ‘vouchers’ e ‘kits de refeição’ que ascenderiam, anualmente, aos 250 mil euros.

48
Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

ver exemplo

Ultimas de Benfica

Notícias

Notícias Mais Vistas

Copyright © 2019. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.