Psicóloga do Benfica antecipa possível medo e ansiedade nos jovens do Seixal

Filipa Jones explicou "situações normais"

Filipa Jones é psicóloga da equipa de juvenis do Benfica e antecipou a possibilidade de alguns jovens jogadores do Benfica Campus possam passar por uma variedade de emoções, neste momento, face à pandemia o coronavírus.

"É perfeitamente normal que todos nós, incidindo agora particularmente nos nossos atletas do futebol formação, passemos por uma série de emoções ao longo deste tempo. É normal em alguns dias sentirem ansiedade por não saberem o que vai acontecer, sentirem medo porque não sabem se eles próprios, família ou amigos, poderão vir a ter um problema de saúde. Sentirem frustração porque não podem sair de casa e não podem fazer as atividades normais. Também é compreensível que se sintam tristes porque alguns podem estar longe de pessoas que lhes fazem falta. É normal em alguns dias sentirem-se mais desmotivados e não terem vontade para cumprir o plano de treino, porque não sabem quando é que a competição vai retomar. Todas estas situações são normais, são respostas psicológicas a esta crise que vivemos, por isso é importante os jogadores falarem sobre o que estão a sentir", reiterou a especialista em psicologia em declarações transcritas no site oficial das águias.

Para Jones, "é fundamental que organizem aquilo que são as rotinas diárias". "Desde acordar sempre à mesma hora, ter horários definidos para treinar, para realizarem as suas tarefas escolares, para as refeições, para interagirem, e este é um ponto fundamental, que é manterem os contactos. Estar isolado implica uma privação do contacto social, e creio que isto possa ser uma das coisas mais difíceis para eles gerirem, mas é fundamental dedicarem uma parte do dia a falarem uns com os outros", acrescentou.

Por Flávio Miguel Silva
Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
SUBSCREVA A NEWSLETTER RECORD GERAL
e receba as notícias em primeira mão

Ultimas de Benfica

Taarabt já só pensa na dobradinha

Médio do Benfica sonha em conquistar algo inédito na sua carreira, conta que está “no topo”, mas vinca que ainda pode fazer “muito melhor”

Notícias

Notícias Mais Vistas

Copyright © 2019. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.