Quando Bruno Lage desenhava a tática na... toalha de mesa

Ricardo Jesus lembra hábitos do atual treinador do Benfica

Embora fosse preparador físico, Rocha "dava-lhe abertura para tratar da parte tática", conta Ricardo Jesus. Essa faceta já tinha ficado bem vincada quando Lage esteve no Fazendense, com Jaime Graça, em 2000/01.

"Ele estava sempre a fazer as táticas na toalha de mesa, ao almoço, antes dos jogos", conta o presidente do Fazendense, Botas Moreira. "O Jaime Graça dizia que ele ia ter grande futuro." No clube ribatejano ganhava 250 euros por mês e tinha à disposição um comercial a gasóleo para fazer as deslocações entre Setúbal e Fazendas de Almeirim, na companhia de Jaime Graça, que o levaria para o Benfica.

3
Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

ver exemplo

Ultimas de Benfica

Notícias

Notícias Mais Vistas

Copyright © 2019. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.