Rakip lembra passagem pelo Benfica: «É assim no estrangeiro, não podes confiar em ninguém»

Médio sueco diz que não cumpriram o que prometeram

• Foto: DR Record

Um ano depois de ter deixado o Benfica para regressar à Suécia, o médio Erdal Rakip quebrou o silêncio quanto à sua passagem pela Luz e assumiu em entrevista ao 'Fotbollskanalen' que chegou a Portugal à 'boleia' de promessas que viriam a não ser cumpridas. A principal delas prendeu-se com a sua carreira após o empréstimo Crystal Palace. Segundo o médio, que voltou ao Malmö no mercado de inverno do ano passado, as águias prometeram-lhe ser integrado na pré-temporada de 2018/19, algo que não viria a acontecer.

Mesmo assim, em conversa com o referido site, Rakip assume que não voltaria atrás no passo dado mesmo que assuma que foi demasiado ambicioso. "Foi um ano de aprendizagem. Não me arrependo. Claro que queria ter jogado mais, mas aprendi imenso e estou grato por ter vivido este ano. Tenho de ser honesto contigo: sim, foi um salto demasiado grande. [O Benfica] É um clube muito grande, mas também não tive uma chance real para me mostrar. Se a tivesse tido e não tivesse jogado bem, teria entendido perfeitamente...", começou por apontar o médio.

Apesar da tristeza no seu discurso, Rakip assume que sempre soube que o plano inicial, assim que chegou à Luz em janeiro de 2018, era ser emprestado. O que faltou foi ser cumprida a segunda parte da promessa: ser integrado no plantel principal no ano seguinte. "Sabia que ia ser emprestado, mas ainda não estava definido o clube. Seria emprestado e depois voltaria na época seguinte para me mostrar. Faria a pré-temporada com a equipa principal para ver o que valia, mas não tive essa chance. Quando a época começou continuei na equipa B. Mas é assim a vida no estrangeiro: não podes confiar em ninguém. E não tendo a minha chance, só tinha de esperar meio ano lá até à janela de transferências reabrir. Quando chegou o inverno pensei que era hora, pois esta é a altura da carreira onde tens de jogar".

A frase "não podes confiar em ninguém" ficou na memória do jornalista, que em seguida insistiu, questionando Rakip se teria vindo para a Luz com falsas esperanças. A resposta diz tudo. "Sim. Como disse tinham-me prometido que voltaria e faria a pré-temporada. Algo que não aconteceu. Não podes confiar nas coisas que te dizem. Mas o que está feito, está feito, e agora estou aqui para esquecê-lo e tentar encontrar algo de positivo", assumiu o médio, que atualmente representa o Malmö, clube ao qual regressou a troco de 500 mil euros.

Por Fábio Lima
16
Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
SUBSCREVA A NEWSLETTER RECORD GERAL
e receba as notícias em primeira mão

Ultimas de Benfica

Notícias

Notícias Mais Vistas

Copyright © 2019. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.