Raúl Jiménez: «Esperançado em ganhar mais um título»

Internacional mexicano confessa que espera ter mais minutos na próxima época

• Foto: Lusa

Integrado nos trabalhos da seleção do México, Raúl Jiménez confessa que continua a seguir as novidades do seu clube através das "redes sociais". O avançado, que ainda não teve férias, admite que já pensa na próxima época e não tem quaisquer dúvidas em apontar ao penta.

"Estou esperançado em ganhar mais um título pelo Benfica. Espero que continuemos a ganhar", vinca o internacional mexicano, de 26 anos, ao ser questionado sobre os seus objetivos já na próxima temporada. Revelando-se "satisfeito" pelas metas alcançadas na temporada transata, o camisola 9 do México não deixou, no entanto, de revelar o desejo de começar a jogar com maior regularidade na Luz. "Espero que isso aconteça, mas é algo que depende do treinador", acrescenta o atacante que promete dificultar ao máximo as escolhas de Rui Vitória: "A única coisa que posso dizer é que vou continuar a trabalhar para conquistar o meu lugar."

É certo que ainda falta algum tempo até ao fecho do mercado e, até ao final de agosto, ainda podem registar-se saídas no sector ofensivo dos encarnados, mas para já a realidade é que o camisola 9 ainda vai enfrentar mais concorrência com a contratação de Seferovic. "Espero sempre que as alterações tornem a equipa melhor", adianta o futebolista ao ser confrontado com as contratações já asseguradas pelo Benfica. Refira-se ainda que em relação ao ponta-de-lança suíço, Jiménez tem todas as condições de estar bem documentado sobre o concorrente direto, pois na seleção mexicana convive com o médio Marco Fabián que alinha no Eintracht Frankfurt, o anterior clube do reforço encarnado. Apesar de ter reconhecido que já manteve algumas conversas com o seu compatriota sobre o novo rival, o atacante dos encarnados optou por não abrir o jogo: "A única coisa que o Fabián me disse é que jogaram juntos, mas não passou disso", garante.

Troca de camisola com Pizzi

A Taça das Confederações permitiu a Raúl Jiménez rever Pizzi e Eliseu que acabaram por não ser utilizados por Fernando Santos neste primeiro encontro da prova. Confessando-se "feliz" com este reencontro na Rússia, o jogador mexicano ainda garantiu que se despediram com uma lembrança. "Foi bom poder estar com os dois. No final do encontro ainda tivemos a oportunidade de trocar de camisolas", revela.

Por António Bernardino
2
Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

ver exemplo

Ultimas de Benfica

Notícias

Notícias Mais Vistas

Copyright © 2020. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.