Rodrigo Bentancur: «O meu treinador diz-me para ser mais agressivo»

Confrontado com os elogios

• Foto: Getty Images

Rodrigo Bentancur, em conferência de imprensa, foi confrontado com os elogios que tem recebido de figuras como Riquelme ou do seu treinador Guillermo Schelotto e revelou-se um jovem humilde.

"É uma honra para mim que me elogiem, mas procuro ficar à margem disso. Todos os dias venho treinar-me para continuar a evoluir, pois sei que me falta ganhar experiência para dar o meu melhor", admitiu o jogador, que também reconheceu os seus pontos fracos: "O meu treinador diz-me que posso ser mais agressivo na pressão. Também preciso de aumentar o ritmo de jogo e chegar mais vezes à grande área. Estamos a trabalhar nesse sentido."

O jovem está consciente do interesse que começa a despertar nos principais clubes europeus mas, nesta fase, garante que se mantém "tranquilo".

"A minha cabeça está aqui, no Boca Juniors. Vou continuar por aqui até que haja alguma coisa de concreto, pois o interesse da Juventus foi-me comunicado pela imprensa. Enquanto não existir algo oficial, não vou mudar em nada", garantiu.

Assegurando que atinge o seu melhor rendimento a jogar "na posição 8", o médio não quis falar muito mais sobre o futuro, e quando lhe perguntaram se queria sair para a Europa como campeão, jogou à defesa. "Só faltam oito jornadas e há 24 pontos em disputa...Vamos ver", concluiu. 

4
Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

ver exemplo

Ultimas de Benfica

Notícias

Notícias Mais Vistas

Copyright © 2020. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.