Rui Costa: «Se tivesse de fazer contas, teria de ficar a trabalhar no Benfica mais 150 anos»

Administrador da SAD rebate críticas de quem diz que está a ser usado por Vieira e diz ficar na Luz pela convicção de que pode "ajudar o clube"

• Foto: Luís Manuel Neves

Luís Filipe Vieira já disse que Rui Costa "representa o futuro" do Benfica, algo que deixa o agora administador da SAD orgulho. Em entrevista ao 'Tribuna Expresso', o antigo jogador das águias rebate as críticas de quem diz que está a ser usado por Luís Filipe Vieira e recorda o percurso da saída e regresso ao Luz e do "contrato milionário" a que virou costas.

"Estive presente ativamente, diariamente, em 19 títulos do Benfica nos últimos 12 anos. Isso ninguém me pode tirar. Ninguém me viu nos jornais a vangloriar-me de ter sido eu a indicar ou a contratar este ou aquele jogador. E as pessoas acham o quê, que nos 12 anos em que aqui estou não houve jogadores, bons e maus, que passaram pela minha decisão ou pelo menos pelo meu conselho ao presidente e à administração? Acham que estou aqui só porque sim? É verdade que podia estar no Benfica só como adepto, como já estive, porque o que me faz estar aqui é unicamente o amor que tenho por este clube. Porque, caso contrário, se calhar nunca tinha regressado ao Benfica, como as pessoas calculam. Deixei um contrato milionário em Milão para poder regressar ao Benfica, assinando em branco. Oiço falar até muitas vezes do meu salário como administrador e por aí fora, mas o meu salário de administrador é para aí um décimo daquilo que ainda podia estar a ganhar no estrangeiro, só que as pessoas têm pouca noção disso. Já me estou a alongar na resposta, mas é por isso que costumo dizer que podem julgar-me por bom ou mau profissional, o que quiserem, mas a minha paixão pelo clube, isso nunca podem julgar, porque isso fere-me tremendamente. Hoje, felizmente, graças à minha carreira futebolística, tenho uma situação financeira cómoda, mas lembro-me que em 1994, quando prescindi de ir para o rival para ficar a ganhar um décimo no Benfica, não tive qualquer hesitação. E quando podia ter ido para Barcelona, para aquela que era considerada a melhor equipa do mundo, acabei por ir para a Fiorentina, para uma equipa que tinha acabado de subir de divisão, porque o Benfica lucrava mais com isso. E quando voltei ao Benfica, como disse, prescindi do que tinha no estrangeiro, porque tinha mais um ano de contrato, com possibilidade de renovar mais um ano ou de ir para as Arábias ou para onde quisesse ir, porque naquela altura já era um pouco como agora, com o jogador em final de carreira a ter esses mercados abertos. Tive inclusive essa possibilidade no meu último dia aqui no Benfica enquanto jogador. Portanto, se tivesse de fazer contas a todos esses valores, teria de ficar a trabalhar no Benfica mais 150 anos. Portanto não venham por esses caminhos, porque isso magoa-me mesmo. Isto para dizer que se estou aqui é pela paixão de estar aqui e pela convicção de que posso ajudar o clube. E irei continuar enquanto puder ajudar o Benfica. Ainda esta semana ouvi pessoas a considerarem que eu estou a ser usado, pessoas que se calhar estão elas a usar-me para as campanhas deles. Eu posso até ser usado aqui e ali para o Benfica, mas é para o bem do clube. Volto a dizer: meto sempre os interesses do clube à frente dos meus, porque se metesse os meus à frente do Benfica, já cá não estava há muito tempo, até por causa da minha vida privada. Porque isto não deixa de ser um massacre, quer laboral, quer de imagem. Pensei muitas vezes em sair, não do Benfica, mas do futebol. Para poder usufruir da minha vida, da minha família. Fiz uma carreira como fiz e podia estar a gozar a vida como me apetecesse. Mas cada fez que penso nisso, a minha vontade de continuar a servir o Benfica é maior do que isso. E põe até em causa a minha família, porque, no fundo, acabo por ocupar todo o meu tempo familiar com o futebol e com o Benfica. Mas a paixão de estar no Benfica é sempre maior do que o resto", afirmou.

Por Record
24
Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

ver exemplo

Ultimas de Benfica

Notícias

Notícias Mais Vistas

Copyright © 2020. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.