Rui Gomes da Silva aponta o dedo a Vieira: «Série infindável de erros de gestão»

Candidato à presidência do Benfica diz que o atual presidente é "o grande responsável" pela crise

Rui Gomes da Silva, ex-vice-presidente do Benfica e candidato à presidência do clube, considerou esta terça-feira que Luís Filipe Vieira "é o grande responsável" pela atual crise dos encarnados e apontou uma "série infindável de erros de gestão" ao atual líder do Benfica.

"Tudo é feito em função de um interesse pessoal e não de uma estratégia. O Benfica é um instrumento de mais-valias de empresários. Jogadores são comprados e assinam única e exclusivamente para manter rede de subserviência e sabe-se que nunca jogarão no Benfica", afirmou Rui Gomes da Silva em declarações à TSF, criticando a "parceria estratégica do Benfica com Jorge Mendes".

"Quem tem tanta convicção que é a salvação do Benfica e que o clube só existe com esse projeto não se pode refugiar em declarações equívocas como a de ontem", sustentou Rui Gomes da Silva, referindo-se às declarações de Luís Filipe Vieira após a derrota do Benfica na Madeira.

Eleições

Rui Gomes da Silva, que ontem desafiou Luís Filipe Vieira a antecipar as eleições agendadas para outubro, garante que está preparado para avançar de imediato.

"Luís Filipe Vieira só sairá do Benfica se for derrotado em eleições. Levarei comigo equipa credível e com pessoas sérias, que não vão anunciar que estão no Benfica por esforço, por sacrifícios. Tenho programa e equipa prontos, tenho a máquina pronta. Só ainda não avancei porque tenho respeito pela equipa e porque havia um campeonato e uma taça para ganhar. Tenho feito contactos com muita gente. Tenho falado com toda a gente. Preciso que as eleições sejam sérias e que haja debates."

31
Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

ver exemplo

Ultimas de Benfica

Notícias

Notícias Mais Vistas

Copyright © 2019. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.

0