Rui Vitória e a possível subida à liderança: «É irrelevante»

Técnico do Benfica diz que o importante é vencer todos os jogos

• Foto: Miguel Barreira

Caso vença este sábado diante do V. Guimarães, o Benfica assume a liderança de forma provisória, esperando um deslize do FC Porto na segunda-feira. Confrontado com esse facto, Rui Vitória desvalorizou e deixou claro que, no seu entender, essa questão é "irrelevante". Importa sim, segundo o treinador do Benfica, vencer os jogos que faltam para chegar ao objetivo final.

"É irrelevante, porque - e já o disse várias vezes - nós jogamos muito para nós, olhamos muito para aquilo que é o nosso desempenho, não contamos com aquilo que é o trabalho dos outros, não podemos controlar nada dos outros jogos, desgastar energia no que se passa nos outros campos é perder energias para nós. Vamos fazendo o nosso trabalho, essa é a missão. Cada vez que concretizamos um objetivo, que é vencer um jogo, o trabalho está feito. Amanhã há uma nova final, é a próxima, vamos à procura de a vencer. O trabalho dos outros isso não me diz respeito, nem me quero desfocar o meu trabalho com o trabalho dos outros"

Mudança tática de 4x4x2 para 4x3x3 deu-se há uma volta. É esta a fórmula para o futuro?

"Alterámos nesse jogo a forma de nos dispormos em campo, mas alguns dos princípios continuaram lá. A realidade é que, até contra algumas opiniões, temos vindo a dar conta do recado. Rendimentos a subir, dinâmicas a melhorarem, organização defensiva e ofensiva a melhorar, com uma vantagem muito grande, que é a qualquer momento podemos passar de um sistema para o outro, porque os jogadores, primeiro têm qualidade, depois percebem o trabalho dos sistemas e, por fim, estão muito disponíveis para a competição. E isso ajuda em qualquer mudança que façamos nos sistemas. Agora, a realidade é que a partir daí estabilizámos a nossa forma de jogar. É uma forma que está perfeitamente esclarecida pelos jogadores - e até os adversários a conhecem -, mas muitas vezes conhecer não quer dizer que se controle. Por agora temos vindo a utilizar. Vamos ver até ao final. Os jogos e contextos vão surgindo e não quero estar a afirmar uma coisa que possa ser estanque, porque no futebol nada é estanque"

Equipas de Rui Vitória acabam sempre melhor do que começam

"Não sendo linear, mas quando organizamos o nosso trabalho pensamos numa série de aspetos importantes e esse é um que pensamos. Há equipas que começam muito bem e acabam menos bem. Apesar de não ter muita preocupação, e eu trabalho muito por patamares de rendimento, não há nenhuma intenção de pico de rendimento, porque isso já deixou de existir há muito tempo, há uma tentativa de estabilização. Mas uma equipa como a nossa é fértil numa série de aspetos que muitas vezes nos passam ao lado.

Por exemplo o momento em que a época começa, quanto tempo estiveram de férias, como foram as férias, se vieram das seleções e nós, no futebol atual, temos um período de férias de quinze dias, três semanas. Temos às vezes muitas dificuldades a conciliar isso tudo. Essa uma das razões para as equipas grandes possam ter mudanças, tenho pensado no meu trabalho, mas não me leva mais tempo do que é ideal. Aconteceu, mas agora vamos tentar ganhar os jogos que faltam. A visão é sempre esta. Melhorar o que não esteve tão bem, mas sempre com a preocupação de, seja no início ou no fim, importante é somar pontos, fazer bons jogos, ganhar, uma boa classificação, porque não há nenhuma realidade que diga que ganhar aqui e ali ou perder ali e está o campeonato decidido"

Benfica atravessa melhor momento da época?

"Essa pergunta tem surgido nas últimas jornadas mas temos trabalhado da maneira que entendemos. Fundamentalmente, o trabalho dos jogadores que não têm atuado tanto, é fruto do trabalho que fazemos diariamente, com os que não jogam a dificultar a vida aos que jogam no treino. Mas amanhã é um jogo com uma realidade diferente. Só depois do jogo de amanhã é que pensamos no seguinte."

V. Guimarães estará mais recuado?

"Sei o perfil de jogador do V. Guimarães e do clube, o Zé [Peseiro] tem enorme qualidade e já teve 15 dias para trabalhar. Vão aparecer ainda melhores com as ideias do seu treinador. Vêm disutar o jogo, terão cautelas defensivas mas depois terão de ter essa coragem de atacar e vir à procura do golo, até porque tem jogadores de qualidade. Prevejo um jogo difícil perante uma equipa que não estará remetida à defesa. Resta-nos compreender o que o V. Guimarães faz, as suas virtudes e desmanchar a equipa. Depois, impor a nossa forma de jogar e dinâmicas. O V. Guimarães teve uma campanha eleitoral com mais de 7 mil associados a votar, sinal da ligação da cidade ao clube que me apraz registar. E parabéns à nova direção. (...) Jogo tem uma vida própria. Amanhã tem que ser entusiasmo, racionalidade, intensidade e a qualidade que os jogadores têm tido: são atributos fundamentais para ganhar amanhã."

Por Fábio Lima
1
Deixe o seu comentário
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

ver exemplo

Ultimas de Benfica

Notícias

Notícias Mais Vistas

Copyright © 2020. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.