Rui Vitória: «Na altura da decisão é uma pedra em cima do coração»

Treinador do Benfica explica como roda o plantel, nomeadamente o ataque

A carregar o vídeo ...
Rui Vitória: «Pressão? Vivo entusiasmado pelo meu trabalho»

Rui Vitória garantiu que tem a confiança dos jogadores do Benfica, pese a má fase da equipa. Na conferência de antevisão ao encontro de domingo em Tondela (17h30), o treinador encarnado recordou a exibição e a dedicação do plantel no empate com o Ajax e explicou os critérios para a rotação da equipa.

O que está a acontecer?
"São fases que as equipas atravessam. Muitas vezes acontecem, aqui ou noutros países. Há 15 dias estávamos em primeiro e agora nesta situação. É uma espiral que pode retirar a confiança. São fases para ser ultrapassadas. No último jogo, o contexto era difícil e a reação foi positiva. O resultado não apareceu mas temos de olhar de outra forma. O Ajax tem equipa de qualidade mas não teve um controlo por aí além. Mas não quero olhar para trás. Temos a consciência da importância do jogo e queremos muito ganhar. A postura dos jogadores, no meio desta fase, tem sido positiva. Isso é a base para o resto."

Objetivo na Europa
"Matematicamente é possível passar e vamos disputar os 6 pontos de forma determinada. Não fomos felizes mas se tem sido ao contrário estaríamos numa situação vantajosa. Foco é o jogo de amanhã."

Rui Vitória tem a confiança dos jogadores do Benfica? «Ui, isso é claro como a água»
Sente que os jogadores confiam em si?
"Para mim é claro como água. Temos a noção clara de que se não estivermos unidos... temos de transmitir isso às pessoas. Quando se perde, não perde apenas um. Isto pode ser alargado a todos. É uma garantia muito grande. Tenho indicadores muito bons de que a equipa vai para ganhar amanhã. Estamos muito unidos cá dentro e convictos de que vamos ganhar."

Que pressão sente? Ela chega aos jogadores?
"Pressão é a mesma de quando cá cheguei. Acreditem que é a forma como vivo. Vivo entusiasmado pelo meu trabalho, pois represento um grande clube. Será assim até ao último dia. Já passei muitos momentos muito bons de sucesso. É a vida do futebol."

Fraca prestação ofensiva e muitas mudanças na frente
"Isto é claramente típico acontecer numa equipa como a nossa. Temos cinco alas e se vos perguntar quais dos cinco alas iriam escolher, as respostas seriam ser diferentes. É como na vossa profissão. Isso é sempre discutível. Eu escolho pelas características dos jogadores. Na altura da decisão é uma pedra em cima do coração e escolho. Se entendo que o jogador é necessário para aquele jogo, escolho."

21
Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

ver exemplo

Ultimas de Benfica

Notícias

Notícias Mais Vistas

Copyright © 2019. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.

0