Rui Vitória: «Uma vitória que procurámos, quisemos e conseguimos»

Técnico encarnado feliz por entrar a vencer na Liga NOS

• Foto: epa

Pelo segundo ano consecutivo, o Benfica voltou a entrar a vencer na Liga NOS, agora com um triunfo por 2-0 ante o Tondela. Um resultado visto como importante pelo treinador Rui Vitória, que enalteceu a qualidade da partida disputada no Estádio João Cardoso.

"Foi um belíssimo jogo de primeira jornada, muito bem disputado. Parabéns ao Tondela. Mas foi uma vitória que procurámos, quisemos e conseguimos. Num jogo intenso, bem disputado, com um estádio cheio e um ambiente muito bom. Ganhámos e foi uma primeira jornada positiva para nós. Foi um jogo sempre aberto e, sendo algo que para o público traz interesse, porque a bola está nas duas balizas, nós treinadores gostamos mais de controlo. Mas é fruto do início da época. Mas acabámos por fazer o segundo golo e, aí, descansámos e ganhámos", começou por analisar, à SportTV.

E por que razão Vitória apostou na entrada de Gonçalo Guedes para o lugar que costuma ser de Jonas? "Basicamente, o Guedes dá-nos soluções de mobilidade que são interessantes. Foi nessa visão que lançámos esta dupla. Mas, acima de tudo, foi porque na pré-temporada também já tínhamos jogado com esta dupla. Mas se fosse outro jogador, seria igual, porque os meus jogadores têm sido fantásticos a assimilar o que queremos. Pensamos dessa forma, com o objetivo de criar maior imprevisibilidade. Algo que foi conseguido, ainda que não tenhamos conseguido materializar nas entradas na área. Deixámos o jogo andar numa roda vida. Mas começamos a vencer. O primeiro jogo é sempre muito complicado. Há muita emoção, dinâmica e uma intensidade muito grande", frisou.

A finalizar, Rui Vitória falou da situação de Luisão e dos outros seis casos clínicos que a equipa médica tem nas suas mãos. "Não tenho muitas dores de cabeça. Faz parte... Saiu o Luisão e entrou outro jogador que correspondeu. É a vida da nossa equipa e do nosso clube. Estão todos preparados para entrar e corresponder. É evidente que queremos contar com todos, mas o azar de uns às vezes é a sorte de outros. É assim que penso e os jogadores sabem disso", acrescentou, revelando que o capitão deixou o terreno de jogo por ter sentido uma "dor muito persistente".

Por Fábio Lima
10
Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

ver exemplo

Ultimas de Benfica

Notícias

Notícias Mais Vistas

Copyright © 2020. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.