Simão explica técnica da paradinha e lembra penálti do Bessa: «Não estava mais nervoso»

Extremo apontou golo decisivo em 2004/05

• Foto: Luís Vieira

Simão Sabrosa apontou o golo do Benfica na 34ª jornada do campeonato de 2004/05 que permitiu às águias empatarem a um com o Boavista e confirmarem a conquista do título nacional que escapa há 11 anos. O antigo extremo das águias lembrou o momento, frisando que o sentimento na altura de bater o castigo máximo.

"Não estava mais nervoso. Marcar um penálti é sempre muito difícil, os mais decisivos são sempre mais difíceis. Eu baseava-me muito na minha concentração. A minha respiração era fundamental. Tive a possibilidade de trabalhar com o Pedro Almeida, psicólogo que estava no Benfica e tenho uma excelente relação com ele. Ele ajudou-me muito em bolas paradas. O facto de respirar antes era essencial. A partir do momento em que colocava a bola, respirava fundo e parece que não havia mais ninguém no estádio. Só o guarda-redes. Quando partia para a bola já tinha um lado escolhido para o caso de o guarda-redes não se mexer. Quando fazia a típica paradinha, se o guarda-redes não se mexesse mandava para o lado que já tinha escolhido. Se se mexesse, chutava para o lado contrário", frisou em declarações à BTV.

Além disso, o capitão dos encarnados de então explicou como levava a cabo a execução dos penáltis, algo muito treinado.

"A paradinha surgiu nos treinos. Desde muito cedo que comecei a marcar penáltis. Comecei a melhorar e não era permitido fazer a paradinha em cima da bola. Aquele metro e meio até à bola era suficiente. Eram muitos treinos e concentração. A técnica de remate era muito importante. Se virmos a percentagem de penáltis que são batidos a meia altura, se o guarda-redes adivinhar defende quase sempre. Se fosse do lado direito do guarda-redes, a bola teria de sair com curva a fugir, se fosse para o lado contrário teria de ser pelo chão. Era assim que eu marcava", vincou o ex-futebolista.

Por Flávio Miguel Silva
1
Deixe o seu comentário
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

ver exemplo

Ultimas de Benfica

Notícias

Notícias Mais Vistas

Copyright © 2019. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.

0